sábado, 23 de abril de 2011

MINHA LUZ




Quem é você...
Esculpiu a felicidade esquecida...
Minha guia... amor que não se compreende...
Se sente e não se toca... Sonha.
Quem é você; voou em minh'alma...
Pulsou em meu sangue...
Deixou nu o meu ser.
Beijando minhas palavras... Criou o céu em mim.. 
Sou seu pão... Sua água... 
As cavidades de sua inspiração.
Criador de meus atalhos
Fez-se ponte em meus anseios
Conspirou contra meus medos
Poliu minha destra
Engoliu minhas chaves... 
Pacificamente... Tens em suas mãos a minha geografia...
Recitou os meus segredos... Nos olhos... 
combustão de um motor falido...
Fez-se potência em meu ócio
Alma minha siamesa  
Rasgou os mitos... Incandesceu minha via-láctea.
Feriu preconceitos - traduziu dialetos...
Trouxe a benção... Em dedos ofegantes.
Amanheceu, pingando orvalho em mim...
Garimpando a mina santa... Diamantes em meu corpo.
Tens-me em soluços... O pôr sepulcral de um coração...
Flor na primavera... Rompendo a aurora...
Brotando em ti... Nasci...
Tens a mim... Tenho a ti...
Sol e Lua... 
Minha alma... Luz em mim



Um comentário:

Paradigma disse...

Teu poema representa o teu ser de teu viver
um diário do teu dia-a-dia que cada vez mais aprofundo-me em você amo-te amada de minha alma

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...