quarta-feira, 22 de maio de 2013

ANALISANDO O ORÇAMENTO DE EDITORAS E GRÁFICAS


Você terminou de escrever, revisar e registrar sua obra na Biblioteca Nacional e agora está pesquisando o orçamento nas editoras por demanda. Muitas responderão prontamente, oferecendo um bom serviço de diagramação, capa, ISBN, código de barras, ficha catalográfica, exposição e venda no site, porém, quando for pesquisar o orçamento, nunca deixe de comparar quanto ficará o valor do preço de custo do livro para você e para a editora. Existem editoras por demanda que oferecem um ótimo preço para produção, porém um livro com menos de 100 páginas fica à venda por  R$ 30,00. O barato acabou saindo caro para você e o leitor.
Uma boa dica é já se programar sobre o valor médio de um serviço gráfico: cada página 14x21 (papel Pólen Bold 90 gramas) impressa custa no máximo R$0,7 (sete centavos) e a capa com contracapa  (papel cartão supremo 250 gr/m2, plastificada) com orelhas e envernizada fica em torno de, no máximo, R$ 3 (três reais). O valor cai quando o lote vai aumentando a cada cento de exemplares.

Vamos desenhar os dois tipos de serviços: Se você já revisou, diagramou e fez arte da capa (com orelhas) da sua obra (de 100 páginas) e levar para uma gráfica, já organizado em PDF, 100 exemplares ficarão em torno de R$ 900 a R$ 1 mil (já incluindo o serviço de ISBN, ficha catalográfica e código de barras, que as gráficas também podem fazer para o cliente). Se você vender cada livro por R$20 (o que seria um valor justo para você e o leitor), a metade do lote já devolverá o seu investimento. O resto é lucro, ou capital de giro para os seus próximos lotes e lançamentos.

Agora, através de uma editora dessas, 50 livros (de 100 páginas) vendidos por um valor acima da média (R$ 30), lhe dará um retorno de apenas R$ 150 (elas pagam 10% de royalties).
A maior frustração comercial de um escritor é tentar explorar um mercado sem ter a mínima noção do que se está fazendo. Quanto mais ele terceirizar, mais caro o serviço ficará para todos.
A dica é: aprenda a fazer o que as editoras querem que você acredite que não pode e nem saberá aprender.
Você é melhor do que imagina ser.


Leo Vieira é autor do livro "Alecognição", pela Editora Lexia.
Escritor acadêmico em 30 Academias e Associações literárias; ator; professor; Comendador; Delegado Cultural em duas cidades e Doutor em Teologia e Literatura.

13 comentários:

lucaS chagaS disse...

Muito boom o artigo. Infelizmente o escritor tem q pensar em tudo. Não eh fácil.

Acredito q tbm haja a questão da visualização. ClaRO q mandar fazer um livro na é mais barato, mas depois Vc vai ter q correr atrás d tudo sozinho. Por isso eh bom procurar uma editora (e q aplicam no preco.). ..

Leo Vieira disse...

Oi, Lucas. Obrigado pelo comentário. Os serviços de uma editora por demanda são bem diferentes de uma editora convencional. Podemos dizer que a editora por demanda é apenas uma gráfica com serviços mais particulares, porque todo o investimento e venda será por conta do cliente/escritor. Acompanhe as minhas outras postagens (digite "Leo Vieira" na barra de procura à direita) e lerá muitas dicas importantes sobre construção e preparação do marketing para o livro. Grande abraço!

Raquel Nonato da Silva Lisboa disse...

Você está certo Léo. Eu nunca tentei enviar meus originais para uma editora tradicional e acabei optando por uma editora sob demanda. Meu livro tem 270 páginas e o valor dele (pela editora) ficou em 33,56 (direitos autorais à parte). Detalhe: A capa, a diagramação e a revisão ficaram por minha conta. Só enviei o material para eles. Com o frete, o valor final sai em torno de 44,00. Qual leitor pagaria 44,00 na obra de um autor desconhecido, sendo que obras de autores consagrados encontram-se num valor aproximado de 30,00? Encontrei uma gráfica (Power Graphics) que imprime 50 exemplares do livro por 600,00, cada obra sairá num valor aproximado de 12,00. Resta saber se essa gráfica é confiável e, se for, seguirei todas as suas dicas e fecharei com eles. Se tiver sugestões de gráficas, não deixe de nos informar... Mais uma vez obrigada por compartilhar informações tão valiosas conosco. Adorei o artigo!

Leo Vieira disse...

Obrigado, Raquel. Eu sugiro que pesquise várias gráficas em sua cidade. Marque uma visita e veja de perto o trabalho deles. Se você tiver outros títulos, não precisa pedir um estoque numeroso de cada obra; você pode simplesmente fracionar uma quantidade maior ou menor para um determinado livro, especificando tudo no orçamento geral. É desta forma que as editoras por demanda atuam na gráfica e você economizará mais, venderá mais, investirá mais e publicará muito mais. Boa sorte!

António Jesus Batalha disse...

Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
Deixo-lhe a minha bênção.
E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

Leo Vieira disse...

Obrigado, Antônio. Gostei muito do seu blog e já o estou seguindo também. Sou teólogo e capelão e logo no início encontrei um ótimo conteúdo. Fique à vontade para acompanhar as demais postagens sempre. Grande abraço e Deus te abençoe.

observatorioclubedeautores disse...

Oi Leo, muito bom seu texto, talvez sirva de incentivo àqueles que desejam alcançar (de verdade) os leitores, que simplesmente não compram os livros caros publicados sob demanda. Eu tenho alguns livros no Clube de Autores, cheguei a adquirir alguns exemplares mas vendi, no máximo, poucos ebooks - e nem foram pelo Clube, foram no Bookess, que também publica sob demanda. Uma publicação pequena por conta própria provavelmente terá efeitos melhores. Vou sugerir aos meus leitores do Observatório Clube de Autores (http://observatorioclubedeautores.blogspot.com.br/) que leiam seu texto e reflitam,
Grande abraço,

Leandro de Oliveira Silva

Leo Vieira disse...

Obrigado, Leandro. Fique à vontade para compartilhar as informações do blog. Abraços.

Carlos Cruz disse...

Visitem o site da Livro Rápido e faça você mesmo sem nenhum compromisso o pré-orçamento de sua obra. O resultado vem na tela.

www.livrorapido.com.br .

Fica a dica

Rosana Erbe disse...

SIMPLESMENTE O MAXIMO..AMEI

Everson Assis disse...

Indico a gráfica K9 para quem quer fazer uma boa impressão com qualidade e o melhor preço do mercado.
www.graficak9.com.br

Dora Elis Marques Oliveira de sousa disse...

ola galera meu nome é Dora Elis e acabei de escrever um livro agora preciso que verifiquem os erros de português e imprimam me falaram que 1.000 exemplares da forma como eu quero sairia por 9 mil reais e eu achei um absurdo de caro tenho certeza que encontro mais barato quanto sai para fazer 100 exemplares de um livro com bastante figuras de 430 paginas cheios de fotos mais ou mesmo 100 fotos colorido alguém sabe ?

Edméia disse...

Leo... barra de procura à direita? Não aparece aqui...

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...