segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sentindo...


Não haverá mais o frio – quando ele me abraçar
A desproteção irá findar-se – quando ele me puxar para perto
Sua boca vai falar palavras que preciso ouvir
A cada dia, eu estarei sempre lá
Estarei sempre... E um dia a mais...
Eu poderia chorar por você
Se me pedisse, dizendo ser isso fundamental
Eu poderia morrer por você
Se me pedisse para salvar a sua vida...
Olhe em meus olhos quando eu falar essas palavras a você...
Não há preço que compraze cada sentimento expressado
Capazes de se tornarem sempre uma tentativa a mais
Quando o cansaço bater e os sonhos se tornarem distantes
Poderemos refazer nossos antigos sonhos
Poderemos dar vida as nossas vidas
Um beijo na alma
Um afago nas feridas...
Somos mais do que dois – somos uma família; uma continuidade de esperança
O amor que sentimos encontra em todas as manhãs um lugar ao sol
Enquanto eu estiver aqui – estarei dentro de ti
Clareando seus medos se as estrelas pararem de brilhar
Ate os céus explodirem e as palavras não rimarem
Reinventaremos a fórmula capaz de sobrepor o inverso
Nada mais se traduz
Apenas se sente...
Sente... Sinto...
Amo você...  



3 comentários:

Ahtange Monte Negro disse...

Eu poderia ter dado minha vida por você...
Mas tempo não tive, hoje você não está mais aqui,
Não me puxará mais para si, não sentirei mais teus beijos nem ouvirei a tua voz. E o frio tomou conta de mim e do meu corpo e tudo que sinto é o lamento da ausência que dói e não finda.

Lindo!!! Parabéns

Jorge Sader Filho disse...

Carinho e afeição entre corpos nús.

Carinho,
Jorge

Marli Carmen disse...

Que lindo...gostei...quanto carinho..

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...