terça-feira, 2 de agosto de 2011

Viver é arder - o palhaço de mim.




Quero gritar o meu grito como num canto vivo, sem ser polido, para que surja nas últimas notas, em faíscas de voz, a sinceridade no que quero dizer... Palhaço de mim... Que arde para sobreviver...Se eu não puder dizer; que eu ore... Se não pude orar, que eu apenas olhe, e consiga transmitir o que sinto.
Quero uma orquestra de beija-flor em meu sonho que arde latejando, se durmo; se sonho... Se não durmo, postada em uma máquina que assovia para eu sobreviver entre meus versos...
Os amigos que estou a encontrar... O prêmio que é conhecer aqueles que não os vejo, mas sinto a alma nas letras...
As letras que desenham seus olhos, seu sorriso, e as mãos... Das mãos que saem as letras, que confortam meu pulso rebelde, impulsivo que não para de teimar em ser escritora...
Se acordar, meu Deus, que eu não deixe de sonhar esse palhaço da letras eufóricas de um futuro que prospera, mas não chegou ainda... eu olho pela janela e lá fora só o vento... Se o vento bater forte; que leve o meu barco para algum lugar onde consigo me reconhecer...
Quem sabe um dia poderei sonhar com o meu quintal sem cerca, sem muro... Desprovido do medo de viver... Meu quintal da alma, da liturgia do que canto e falo escrevendo; do que amo, sinto e me indigno...Amor de um palhaço, sentado no quintal sem muro, sem árvores... Sem o futuro...
Inteiramente luminoso de neon e imóvel, é o que consigo consumir para preparar o extrato das letras, como o deleite do dia a renovar-se com o rotativo avanço da terra... Escrever é como ouvir o murmúrio das folhagens macias de arbustos... O tapete que faz a extensa queda d’água de cantos que emitem as sereias, quando choro escrevendo... Choro ao ponto de cuspir para fora a condensação de sentimentos que chegam e vão sem consolo; borro a maquiagem... Querem apenas dizer a vocês, que assim se fez a minha vida... Unindo quietude e quietude, prece a prece, ao que caminho que me enreda, arde comigo... Bem sabe das léguas e noites sem dormir...Fiel escudeiro meu; caminho de guerra e paz nos longos anos que se passam ao assolar de estradas que deixam na pele... Que se dane a decrepitude... Se envelhecer... Não morrerei no cansaço de minha inspiração. Os palhaços poetas não morrem sem antes lhe sobrarem nas laterais minimas de folhas amassadas, apenas um cantinho que caiba a sua última letra que respira... E respira...
Que o amor que sinto, e expresso seja o único a decidir a minha vida...




Gostaria de lhes mostrar uma resposta minha, a última recusa de meus manuscritos pelas grandes editoras -  Entendo... Também entendo, que se o mesmo conteúdo fosse apresentado pelo nome - Paulo Coelho, ou, mulher melancia, ele se não diferiria ao protótipo do seu trabalho.  Muito mais será revelado ao novo autor, enquanto nele houver despertado o desejo em continuar; há de haver um dia, uma nova visão literária, não as comerciais, entretanto, as que conseguem manter a alma da literatura, e não matá-la pelo dinheiro; mesmo que tenha que rasgar todos os meus escritos, jamais escreveria a odisseia de um vampiro no mundo mágico de Alice, ou tão pouco, "o manual de como arrumar as malas para uma viagem perfeita"
Fico eu, com meus manuscritos.
Respeito a sua crítica, como empresária literária,  e espero que respeite  a minha, como escritora.






CANTINHO DO MEU QUERIDO NOVO AUTOR



"OS SOBREVIVENTES DA SANTA INQUISIÇÃO"
 Uma fantástica história de Vampiros e Lobisomem na Idade Média.
 ANDRÉ VICTTOR


Sinopse: Após forjar a morte da princesa Valência, o Dr. Esteban é obrigado a morar com ela e seu filho em uma casa afastada da cidade bem no alto de uma colina onde eram visitados somente pelos seus pais, o Rei e a Rainha da Espanha. Esteban e Valência iniciam um romance secreto entre si e pela cumplicidade de seus atos descobrem aos poucos o que eles são na verdade. Uma organização secular é instalada na cidade para executar as punições da Igreja Católica sobre as acusações apresentadas. Algumas mortes estranhas começam a surgir pela cidade e a suspeita desses crimes cai cada vez mais sobre  a família do Dr. Esteban. Fernando se transforma em lobisomem e tenta matar o filho de Valência. A população exige que uma caçada noturna seja feita e que os acusados devem ser  julgados pela Santa Inquisição. Lorenzo, um terrível juiz inquisidor persegue e decreta uma sentença de morte que contraria a ordem natural dos vampiros, podendo colocar em risco o futuro desta espécie. Durante o julgamento, Lorenzo é desmascarado e todos eles devem ir para a mesma fogueira. Agora somente um sacrifício vampírico poderia retirá-los daquela situação…  “Os Sobreviventes da Santa Inquisição” é uma história fantástica que além de prender o leitor pela sua narrativa rica em detalhes e diálogos, ela consegue dosar muito bem  o Terror, Romance e Mistério com um pouco de Aventura. 



 Veja o comentário de um Leitor:


" História realmente envolvente, não consigo desgrudar os olhos do livro,
  enquanto envolve romance ele simplesmente nos coloca em uma incrível e misteriosa aventura, 
  explora cada ponto das relações vampíricas e ainda nos traz de brinde um lobisomem sedento de vingança.
  Simplesmente uma das melhores histórias que já li. "

    09 de Julho de 2011.
    Clodoaldo Crepaldi  
    clo.crepaldi@gmail.com
    Estudante

ESTE LIVRO ESTARÁ A SORTEIO EM SETEMBRO

Texto e criação de Adriana Vargas de Aguiar, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

24 comentários:

* Verinha * disse...

Olá Drisph!

Grata pela visita e pelo convite!
Vim aqui conhecer seu cantinho e já estou a lhe acompanhar :)

Beijocas em seu coração..
Verinha

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Olá querida Drisph

Vim retribuir a visita e gostei muito de tudo que li por aqui. Já estou seguindo. Espero você no blog mais vezes e quem sabe não gosta e fica também.

Beijos
Ani

http://cristalssp.blogspot.com

André Victtor disse...

Boa Noite Adriana Vargas !

Primeiramente quero deixar aqui os meus sinceros agradecimentos além de parabenizá-la pelo seu valioso trabalho !

Se escrever um livro já nos consome um bom tempo de nossas vidas, imagine então manter um Blog, pesquisar assuntos, fazer poesias e ainda apresentar as Obras alheias ????

Além de tudo isso é claro, trabalhar, cuidar da família e se empenhar em acompanhar as novas tecnologias do mercado...

Isso não é fácil não e nem é pra qualquer um !
Portanto,considere-se uma vencedora, ou melhor,
uma pessoa de espírito empreendedor !

Que consegue administrar muito bem o seu precioso tempo e ainda levar os seus sonhos em frente !

Finalizando, agradeço o seu espaço concedido aqui no Blog para apresentar a minha Obra:

"Os Sobreviventes da Santa Inquisição" ,

Obra essa que envolve uma mistura de romance, terror, mistério, suspense e aventura, que foi escrita com muita inspiração focando sempre na Literatura com um pouco de história...
Para quem gosta de contos medievais, vampiros e lobisomens, essa Obra é um verdadeiro banquete !

Obrigado à todos e os convido também para conhecer o meu mais novo Blog de histórias em:

http://www.historiasdoandrevicttor.blogspot.com

Jenynha san disse...

Muito òtimo!

Sotnas disse...

Olá Drisph, desejo que tudo permaneça bem contigo!

Creio que devo pedir perdão por invadir teu belo espaço de belos e sensíveis escritos acompanhados por não menos belas imagens!

Encontrei teu espaço no blog da Patrícia, Hiperestesia. E por cá me aboletei, li este teu belo e expressivo texto, e também seu repúdio aos editores comerciais, extremamente capitalistas e nada literatos!
Bem, fato é que gostei deveras do que por cá encontrei e tenho planos de retornar se assim me for permitido. Caso você não considere esta minha invasão deveras deselegante, não vou prometer assiduidade, mas, sempre estarei por cá, feito!
Ah, caso queira despejar esta deselegante visita a lixeira, é teu espaço e o direito é todo seu, portanto, seja feita a sua vontade. Vou-me e deixo meu enorme desejo que você e todos ao redor sejam deveras felizes, abraços e, quem sabe, até mais!

Evanir disse...

Minha doce irmãzinha ..
Nunca imaginei que ainda não seguia seu blog.
Agora já estou seguindo minha amada.
Um carinhoso beijo no coração,,Evanir

Luzia Medeiros disse...

Oi que bom que encontrei um blog tão lindo, achei muito bonita essa iniciativa de divulgar novos escritores, eu sou uma eterna amante dos escritores, pois amo escrever, estou seguindo.
Beijos.

Everson Russo disse...

Cada um carrega e sente sua própria dor...grande beijo de bom dia pra ti amiga.

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Belo texto!

Severa Cabral(escritora) disse...

OI MINHA LOIRINHA LINDA!
Acabei de enviar o e-mail para ver se chega...se não chegar me avise,ok!
Bjs minha linda!

Will disse...

Maravilhosas palavras, revelam mais que palavras, mas um despir o interior em palavras. Gostei.
Abraço!

Vivian disse...

Olá!!

Não podemos desistir dos sonhos!!!
Um dia...
beijos!

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola Amiga,
Vim lhe agradecer a sua vista ao meu cantinho, seja sempre muito bem vinda ao mundo magico do coração!
Eu já estou lhe seguindo faz um tempinho rsrs
voce não me viu?
tenha um linho dia coberto com muita paz e alegria.
Abraço amigo
Maria Alice

Mário Cravo disse...

OLÁ ADRIANA VARGAS!!!
"SEMPRE QUE O HOMEM SONHA, O MUNDO PULA E AVAÇA, COMO BOLA COLORIDA ENTRE AS MÃOS DE UMA CRIANÇA"...GRATO POR TEU CONVITE E POR TUA VISITA. BEIJOS, DESTE LADO DO MAR...

Vinicius.C disse...

Boa tarde Adriana!

Sabe... uma vez fiz parte de um grupo- no facebook, achei muito interessante pelo fato de encontrar ali- pessoas interessadas em literatura, pemas, pensamentos enfim...
Eu gosto de ler, sou fascinado por Clarice Linspector por ex. Mas quando eu publicava algo meu, que eu considerava no minimo bom. Era ignorado de um jeito extremamente irritante.

Mas, quando citavam Pessoa por ex... nossa os intelectualizados de plantão caiam como abelhas num favo de mel envelhecido.

Não critico aqueles que presam a boa cultura, mas critico aquele que usa de um aparente "bom gosto" para parecerem melhores, menosprezando obras que não tem os seus 70 anos de criação, mas que são tão bons quanto.

Sai do grupo por não compactuar com a puxação de saco mórbida de muitos!

Rs desculpe o desabafo ou se pareci desrespeitoso.

Eu só quero que saiba que entendo perfeitamente o que diz.

Mantenha os seus manuscritos a salvo.

Beijo na sua Alma- espero por você no Alma vem!

Beijo

Marlei escritora disse...

Olá Adriana!
Vim lhe fazer uma visitinha e à propósito, adorei sua resposta para agente literária. É bem por aí, eles publicam livros como "Bruna Surfistinha",que faz a mãe literatura se contorcer em dores, e se negam a pelo menos ouvir nossa voz através de nossas obras. Parabéns pela sua coragem!
Bjs

buhh disse...

Ola adorei o seu blog...estou seguindo ele =)

gostaria de entrar na promoção dos livros...

Boa tarde =)

Leonel disse...

O meio literário, a julgar pelas experiencias alheias que eu pude conhecer, me parece às vezes meio hermético, e para penetrar nele não basta apenas o que nos parece essencial, ou seja a qualidade e correção, além dos atrativos representados pelo tema.
Parece mais uma espécie de confraria, onde os sumo-sacerdotes são os editores e não outros escritores.
E,se como você citou, Mulher-Melancia entrou nela, intuitivamente custo a acreditar que tenha sido por qualidades literárias...
Mas, como eu nunca li nada escrito por ela, posso estar enganado...
Abraços, Adriana!

Mery disse...

Entendi bem o que quiseste dizer, amiga.
Eu prefiro escrever meus próprios textos, sempre me baseio em fatos reais...gosto de brincar com as palavras assim, do real para a poesia, ou então escrevo o que vejo e sinto no dia a dia com o meu ponto de vista.
Beijos querida, já estou te seguindo.
Mery.

Ana Claudia disse...

Querida, maravilhoso seu incentivo e exemplo sua determinação.
Você merece o reconhecimento.
Sua fã! Beijos!

Alexandre Henrique disse...

Dripsh e sempre um prazer visitar o seu blog, cada vez que passo por aqui, encontro um pouco da sua identidade como autora, desta vez em um batalha, onde eu lírico encontra o direito da sua própria literatura. Voce escreve o que defende. Desejo boa sorte para o seu belo trabalho e tenho divulgado o seu site entre amigos.

Abraços, Alex

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti minha amiga,,,beijos.

Gilstéfany disse...

Parabéns por este blog e pela oportunidade de divulgação que vocês dão à obra literária brasileira.

Atitude do pensar disse...

Muito bacana a proposta do blog, gostei do que li por aqui!

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...