domingo, 16 de outubro de 2011

Em busca da Terra sem Mal - Resenha




Obra - EM BUSCA DA TERRA SEM MAL 
Autor - CLAUDIO RANGEL



SINOPSE Milhares de anos depois do anúncio da existência do continente perdido da Atlântida, feito pelo filósofo Platão, a história ainda é considerada como imaginária em pleno ano de 2012, principalmente pelo cético e crítico jornalista Ivan Braga. Este ceticismo começa a ser abalado depois que Ivan é contratado para realizar um documentário em plena mata. O jornalista nem suspeita da real intenção de seus patrocinadores - dirigentes de uma organização esotérica secreta mundial.
“Confesso que eu era bastante cético. Diziam que os guaranis são descendentes dos atlantes e que construíam pirâmides para harmonizar o planeta. Inicialmente, fiz o trabalho por dinheiro. Mas, coisas como um índio vestido de terno portando uma cruz esquisita no peito, mitos sobrenaturais indígenas semelhantes aos contos europeus e histórias fantásticas sobre Atlântida, guaranis e o poder das pirâmides abalaram minhas convicções. Depois de enfrentar na selva índios hostis, traficantes e a ira de um general, parece que fui ‘iniciado’ dentro de uma pirâmide no meio mato. E ainda conheci minha amada”, disse o jornalista Ivan Braga.


Primeiramente gostaria de agradecer ao Claudio Rangel por ter enviado o livro para o sorteio dos blogs literários, e dizer que desde o 1º momento em que vi a capa, sentia o efeito enigmático que ela me provocava mesmo sem conhecer a trama do livro. Acredito piamente na química que liga o leitor ao livro, e quero dizer que isso aconteceu entre mim e o livro Em Busca da Terra Sem Mal; a princípio, achei meio estranho o título, mas logo no inicio da leitura descobri o sentido - esta era a luta e a esperança dos povos indígenas que foram assoladas pela ganância do homem branco.
Logo nas primeiras páginas, eu disse - Uauuu! A estória se incia no ano de 2012!!!

Ivan, um cético jornalista, muito profissional, porém agia feito São Tomé - queria ver para crer; lutou até quase o final do livro, contra a crença que se estampava a cada página - o sobrenatural e vários mistérios milenares ocorriam de modo que ele não conseguia mais encontrar as respostas ironizadas, ou justificadas! 
Tudo começou quando estava em busca de um reconhecimento profissional , enquanto ocorria terremotos no Japão, o que uma boa reportagem poderia somar em seu currículo profissional, se acaso fizesse a cobertura desta fato, porém,  se viu obrigado a optar pela matéria  de uma invasão de índios na barra da Tijuca, o que a principio o deixou muito frustrado, até conhecer uma linda antropóloga e arqueóloga Luana Teles que tomava a frente dos índios durante a invasão, defendendo a causa deles de modo humanitário, evitando que durante o confronto índio-policiais, ocorresse uma chacina. Com a boa repercussão sobre sua matéria, passou ficar  animado com a ideia de trabalhar em cima da saga do índio, porém, por descordar de vários fatores no local onde trabalhava, acabou ficando desempregado por escolha digna própria.
Ivan se torna fascinado pela beleza e personalidade de Luana, e ao aceitar o convite para trabalharem juntos para documentar uma expedição sobre uma pirâmide no meio Amazônia, acabam se aproximando, e no meio de tantos conflitos, perseguições, acontecimentos inesperados que envolviam medo, desespero, sobrenatural e acidentes naturais na floresta, acabam se apaixonando, formando uma aliança leal até o final do livro.

Um livro realmente fascinante, que destaca de modo claro e real, o foco visionário do autor sobre os dilemas sociais.
Lendo apenas a sinopse, jamais conseguiria chegar no "felling" do livro...
Até sugiro ao autor, alguma alteração na sinopse, deixando-a menos sensacional, e mais dentro do sentimento do livro.
A cada frase dita pelos índios durante sua luta pela terra prometida - algo me tocava profundamente, pois sou amante das causas e justiças sociais, e e ler este trecho na pg. 23 - "Índio não mata outro dia por causa de um pedaço de Terra, mas o homem sim..." Emocionei-me com toda a sinceridade. Várias máscaras da hipocrisia social, foi-me retirada com a leitura desta obra.

Os diálogos trazem em si,  muita descontração entre os personagens, mesmo diante do perigo e emboscadas na selva, eles preservavam o bom humor, trazendo um foco divertido à leitura.

O que me deixou com um certo asco, foi o modo como os homens assediavam desrespeitosamente Luana, que era a única mulher no meio da selva lutando por uma causa nobre entre dezenas de homens; ela foi quase estuprada por um deles, mostrando de certo modo, uma realidade que ocorre ao retrógrado lado masculino selvagem em decadência.

O livro é muito bom; me surpreendeu até o final; tanto é que o li em três horas corridas; a linguagem é clara; os acontecimentos muito bem arquitetados, mostrando claramente a inteligencia aguçada do autor e seu domínio à linguagem e assuntos abordados.
Trata-se de uma aventura que envolve intrigas, mistérios sobrenaturais, conspirações e uma boa pitada de romance - é praticamente um Indiana Jones la brasileira, e por este motivo, é muito melhor...
Parabéns ao autor!
Amei de paixão o livro!
Recomendadíssimo ***** (5 estrelas)

OBS: Este livro é dos Kits que serão sorteados na promoção Blogs literários promovido pelo CLUBE DOS NOVOS AUTORES; uma homenagem a todos os blogs brasileiros! ( vide link 
http://clubnovosautores.blogspot.com/p/autores.html)


Resenha de Adriana Vargas de Aguiar.




Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

22 comentários:

Marcelo Lima disse...

Driii em 3h ! Que rapido. O livro deve ser bom , mas não é estilo que me agrada. Arrasou na resenha ")

WebTeen disse...

Oi!
Adorei a sua resenha! E no sorteio que tá rolando eu quase optei por ele, parece ser muito bom! Quero ele também *-* haha
beijos
http://webteentwl.blogspot.com/

Anna Leão disse...

Nossa, ler um livro direto assim é porque ele é muito bom mesmo!!!
Adorei a resenha, Adriana! Com ela senti a substância do livro! Parabéns a você e ao Claudio! Aliás, Adriana, sugiro que você mencione sempre o nome todo do autor, pois não dá para ler na capa.
Beijos,
Anna

cidinha disse...

Olá Adriana. Muito interessante. Gostaria também de saber o nome do autor Adiana! Boa tarde e ótima semana. Grande abraço.

territoriodascompradorasdelivro disse...

Oi... Que capa maravilhosa o kit é muito lindo e a história deve ser melhor ainda, adoro um mistério e gosto muito do reino perdido de Atlântida.
Bjs *-*
http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

Lara E. disse...

Oiii! Você leu esse livro em 3 hrs? :O
deve ser realmente muito bom! rs
Parabéns pela resenha, amei!

beijos, Lara
Nas Páginas de um Livro

Hermínia Nadais disse...

Obrigada pela sua visita que me trouxe até a este maravilhoso espaço. Muito bom mesmo! Gostei demais. Se fosse brasileira juntava-me a vós... assim... vou seguir-vos com atenção.
Força, e muitos parabéns pelo trabalho

Rosane Fantin disse...

Fiquei animadíssima para ler o livro do Cláudio Rangel. Parece conter tudo o que me atrai em uma boa leitura. Acho que descobristes mais um dom, Adriana. O de fazer resenhas. Adorei o modo como descreveste o livro, sem spoiler, mostrando todos os seus aspectos positivos, provocando o interesse dos leitores. Mais um para a minha lista de desejados.
Parabéns, Adriana, pela excelente resenha,e ao Cláudio que parece ter conseguido criar algo novo e excitante(para ler em três horas... Uau!!)
Beijos para ambos!
Rosane

Claudio R. Rangel disse...

Adriana, Adriana...
O que dizer depois dessa bela surpresa de resenha?
Obrigado pelas palavras. Vc me animou.

PS. Agradeço a sugestão e vou mudar a sinopse.
Bjs a todos.

Orlando disse...

O jornalista Claudio Rangel é um excelente observador das causas humanitárias, e tudo o que êle faz sempre é da melhor qualidade. Grande místico e conhecedor de civilizações antigas, transmitiu para os leitores um conto emocionante e verdadeiro, através do livro Em Busca da Terra sem Mal.

Palavras disse...

Olá,

essa iniciativa é excelente! Parabéns

Camila Costa disse...

a capa realmente é muito enigmática me vi atraída por ela... a história parece valer a pena ser lida me interessei muito!
Beijoos!

Camila
Cabelos ao Vento

Deyse Joyce disse...

Oi obrigada pelo comentário no meu blog, entrei no seu e já estou seguindo!!!

Adorei a resenha, fiquei curiosa agora!

www.deysejoyce.com

Bjins

Anônimo disse...

Que blog lindo! Que blog inevitavel!
Desejo uma otima semana para Adriana e todos os idealizadores desse blog tão necessario para nós novos autores . . .
MARLON DE ALBUQUERQUE.

Rubens Conedera disse...

Pela resenha, vemos que se trata de um ótimo Livro. Parabéns ao autor!!!

Irene Alves disse...

Parece que ainda não tinha vindo a este blogue.
Tudo o que seja divulgação de literatura é
bom. Há quem tenha deixado de ler, mas vieram
outras pessoas para a leitura.
Desejo esteja bem.
Beijinho/Irene

@ Moda e Eu. disse...

AMEI

Mãe Terra, Estamos Aqui... disse...

Maravilhoso livro, adoro esses assuntos, parabéns pelo post e pelo Blog recheado de coisas boas...

Geê disse...

Nossa Dri, que resenha linda! Super vendeu o livro para mim rsrs
A capa por si ó é linda né?!

Thalita Oliveira disse...

won adorei a resenha Adriana ! A história parece ser bem legal :3 , a capa é muito linda , adorei :3 .. rs'.

Bjim

Vitrine de Promoções disse...

Adriana

Excelente a sua resenha que detalhou com maestria o foco do livro.
Parece muito boa a história e esses conflitos que envolvem a Floresta Amazonia só pode focar temas de uma grandeza ímpar.
Parabéns a ambos.

Beijos
Irene Moreira

Aline disse...

Adoraria ler esse livro achei a história encantadora! muito interessante!

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...