sábado, 22 de outubro de 2011

Resenha do livro UM AMOR NO DESERTO - Rosane Fantin




SINOPSE - Amy é uma jornalista desportiva muito competente. Uma mulher independente, determinada e de idéias próprias. Numa de suas aventuras jornalísticas, durante o Rally Paris-Dakar de 1986, se vê perdida no meio do deserto do Saara, com sua moto atolada nas areias, em vias de morrer desidratada e sozinha. Mas por obra do destino, é encontrada por um estranho tuareg, que a leva ao mundo do antigo povo nômade, numa aldeia perdida entre as dunas. Ali, se vê prisioneira do homem e indefesa contra as leis da natureza, obrigada a esperar que alguém do mundo civilizado apareça para ajudá-la. Neste ambiente, aparentemente hostil, onde Derek passa a determinar suas ações, surge um sentimento novo, que vai determinar uma mudança irremediável em sua vida.



Nascida em Porto Alegre, em 16 de Março de 1959, onde mora. 
Casada e mãe de três filhos. 
Médica pediatra formada Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre(atual UFCSPA) no ano de 1985. 
Pós- Graduação em Administração Hospitalar pela Associação dos Hospitais do Rio Grande do Sul em 1993. Pós- Graduação em Homeopatia pela Sociedade de Homeopatia do Rio Grande do Sul em 2001/2002 Médica pediatra concursada no Município de Viamão, RS, atuando na Secretaria de Saúde Municipal desde 1994. A partir de 2007, começou a escrever fanfics dentro de uma das comunidades do Orkut, por pura brincadeira. A resposta das leitoras ao conto foi um incentivo para não conseguir mais parar de escrever. As histórias foram tornando-se cada vez mais aprimoradas, até que os romances foram tomando o formato de livros. Depois de algum tempo veio a necessidade de testar os textos para um público maior, fora das comunidades do Orkut. Então surgiu o Blog Romances ao Vento, há dois anos, onde passou a expor todos as histórias escritas até o momento.



Dados sobre a escrita do livro

Efervescente, romântico, ousado e exótico.
Essas são as quatro palavras que consegui extrair do livro.
Nada é impossível quando se ama; mesmo quando o destino insiste em separar os amantes. A força do amor é algo arrebatador, independente de quantas pessoas torcem para que dê certo, ou quantas até agem em desfavor da realização deste mesmo amor.
Com Amy e Daren não foi diferente, o livro Um amor no deserto, escrito pela talentosa Rosane Fantin, mostrou-me com maestria os caminhos que um sentimento precisou percorrer para descobrir como o destino é fantástico e cheio de surpresas.
O livro foi dedicado às românticas, como pude perceber em sua premissa, eu, como autora de gosto implacável às avassaladoras (his)(es)tórias de amor, esbaldei-me completamente; quando dei por mim, já estava no lugar da personagem Amy, e querendo decidir e conduzir a sua vida, e até mesmo, queria sê-la por apenas um minuto para saber como é ser abraçada por um deus quase mitológico do deserto. Confesso que a autora foi muito cruel em criar um mito como Daren, perguntei-me – Onde este homem está? Pois foi essa a impressão – ele existe! De tão real que foi sua criação, e o modo como Rosane descreve as características físicas e palpáveis deste deus do deserto, que brincou com minha imaginação fértil. Para saber como é, vocês terão que ler e sentir  o que estou falando (risos).
O livro foi escrito em terceira pessoa, e de um modo muito interessante, o eu interior que passeou o livro inteiro no intimo das personagens, contou-me seus sentimentos, pensamentos e desejos, de modo que todas as personagens participassem efetivamente da trama, e não apenas a protagonista.
A descrição sobre o lugar foi incrível, trouxe uma realidade tangível, e quando acabou a leitura senti saudades do lugar, como se eu realmente estivesse passado por lá.
Rosane passou muita segurança sobre o conhecimento da cultura relatada – tuareg, assim como as cidades e os acontecimentos da estória. Tudo com muitos detalhes e precisão.
Sua expressão lingüística é correta, com um repertório agradável de palavras; sem vícios de linguagem e sem repetição de vocábulos
O tema é atrativo; vai agradar muito o público feminino, porém indico para pessoas acima de 16 anos; não digo 18, porque estaria sendo politicamente ultrapassada; hoje em dia, os termos que leio em livros juvenis, são um tanto quanto aguçados.
O estilo literário é um romance, digamos “hot Love”, entre suspiros e paixão extremamente platônica pelo personagem Daren, a leitora chegará assim no final do livro.
A capa está característica ao tema abordado, o que me fez a todo o momento, olhar para a capa, e me sentir no deserto. 
Não encontrei o ISBN do livro, mas creio que deva estar a caminho.
O ponto emocionante da estória foi à luta, a esperança e a fé que Amy devotou; acreditando o tempo todo no que sentia, mesmo quando tudo estava completamente perdido, denotando ao livro uma nuance de “amores impossíveis”

Dados sobre a trama do livro

Daren – dominador, controlador, e ao mesmo tempo, cuidadoso e carinhoso (resumindo – tudo de bom)
Amy – teimosa, aventureira, decidida e independente.
Amy, em um rali em pleno deserto, acaba se perdendo do grupo da competição, tendo sua moto atolada, consequentemente, corria risco de morte por inanição e fortes tempestades de areia. Acabou sendo encontrada pelo lindo e tudo de bom, Daren, um tuareg que a leva para o seu acampamento onde se encontra o seu povo.
Foi muito engraçado e deliciosa a forma como eles dialogavam no início; com certa implicância e picuinha um com o outro, pois, ela queria voltar para a sua casa, e ele não a deixava, momentos recheados de chantagens emocionais e jogos de sedução escondidos atrás de caprichos. Houve uma cena, a da tentativa de fuga de Amy, que simplesmente adorei, muito bem descrita e elaborada.
A meta era – ela tinha 48 horas para conhecer aquele homem. Eram 48 horas para viver tudo que tinham direito, e para vocês saberem o que aconteceu, terão que ler o livro, pois eu não vou contar.
O destino traz; o destino separa; o destino surpreende!
No inicio, tudo tranquilo e sereno, quando de repente... A partir da página 156, o livro passou a me tirar o fôlego de forma diferente... Meus compromissos me chamando; telefone tocando, panela queimando, e eu, grudada no livro... Estava ansiosa para saber o que ia acontecer, até pensei em ler o final do livro logo de uma vez, para ver se conseguia parar de roer as unhas.
Intrigas, mistérios desvendados; decepções e esperanças ressurgindo (pelo menos em mim, como leitora).
Um livro exótico.

Resenha e avaliação de Adriana Vargas de Aguiar



Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

12 comentários:

Maria Alice disse...

Rosane, parabéns pelo seu liro "UM AMOR NO DESERTO". Ele tam uma bela trama e a resenha já me deixou com água na boca, para conhecer toda a história. Sucesso! Bjs.

Denis Lenzi disse...

Adri, que resenha fodástica você fez. O modo como você avaliou e deu características dos personagens e dos dados sobre o trama estão ótimos. Parabens a autora do livro, por trazer mais uma maravilhosa história made in Brazil aos nossos leitores. Abraços!

Marli Carmen disse...

Uau!!! Adriana, que linda resenha!!!! Parabéns, primeiramente, pela resenha super bem escrita. Uma análise maravilhosa do livro!
Parabéns para a Rosane!!
Beijinhos

Rosane Fantin disse...

Adriana,minha querida! Queria te agradecer do fundo do meu coração por essa incrível e emocionante resenha. Fiquei muito feliz por ter conseguido te passar todas essas emoções, pois é exatamente o que espero que um leitor sinta ao ler meus romances. Acredito que possam existir amores como o de Daren e Amy e é sobre eles que escrevo.
Muito obrigada, Adriana, e o meu carinho a ti e a todos comentaristas desse post.
Um grande beijo!
Rosane
PS: Há um erro na sinopse. Onde se lê Derek, leia-se Daren. Já foi feita a correção na capa do livro.

André Victtor disse...

Rosane,
Sua obra é espetacular !!! Esse tipo de romance é o meu preferido e ainda com uma leve pitada do Rally Paris-Dakar... Ficou show !!! Adoro tudo que fala sobre o deserto e se eu pudesse me mudaria para lá (desde que haja um ponto de internet, sombra e água fresca)... rs.rs.rs
Meus parabéns novamente para a Adriana, que resenha sempre com sua alma poética e tem uma fonte de energia inesgotável !!!
Desejo muito sucesso para vocês !!! Bjs

Leiam a minha nova história no Blog:
A Máquina do Tempo... http://historiasdoandrevicttor.blogspot.com

Junior Menezes disse...

Quero parabenizar a minha amiga e companheira Rosane por este excelênte trabalho!!! Eu sempre acompanho o trabalho dela em seu blog e sempre me surpreendo com a qualidade e o alto nível dos seus textos!!! Vale a pena conferir e incentivar essa grande escritora!!!

Tatiana Mareto disse...

Adorei a resenha, e estou ansiosa para ler o livro.
Adriana, você é uma resenhista espetacular. Sério, estou encantada com a sua forma de destrinchar o livro e nos deixar com água na boca.
Rosane, parabéns pelo seu livro. A história me seduziu, agora quero de presente de Natal. Já está na minha lista!

Francilangela disse...

Ambas estão de parabéns!

Milena Liebe disse...

Como diria um conhecido: Eu estou no sal!
Vou ter que arrumar tempo para ler!
100%
Bjos!

Um Lugar Escuro disse...

Muito boa resenha, fiquei interessado no livro, me desdobro, mas arrumo um tempinho pra ler este livro.

Cesar S. Farias disse...

A trama do livro tá muito bem construída e elaborada com criatividade. Deu vontade de ler, e olha que nem sou tão romântico assim.

Lucy disse...

Adorei a resenha!
Já li o livro e, certamente, fiquei muitíssimo encantada pelo mundo novo que a escritora Rosane Fantin nos leva.
O livro tem uma história diferente e fascinante. E tudo é conduzido de forma a nos enriquecer com assuntos que nos são pouco conhecidos, mas que, após o término da leitura, nos deixam com um sentimento de saudades, como se já fizesse parte da nossa vida.
É muito romântico, mas o romantismo vem na dose exata, com doçura e, também, com pitadas de pimenta, que nos deixam absolutamente sem ar, uma delícia!
Recomendo essa belíssima obra!!!

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...