terça-feira, 29 de novembro de 2011

Resenha do Booktour Anna Leão - CARMELA E LORENZO (ponto de apoio do Clube)


APRESENTANDO O LIVRO

 CARMELA E LORENZO
de RUBENS CONEDERA
Resenhista: Adriana Vargas de Aguiar



Editora: Clube de Autores
Linha editorial : Ficção Juvenil
Números de páginas: 336
Autor - Rubens Conedera

Sinopse - Carmela vive como toda garota pobre da Itália renascentista, analfabeta e submissa, com a única perspectiva que toda garota tinha; casar com quem os pais escolhessem. Durante o casamento de sua irmã, Carmela e seu pai conhecem um velho pintor (Marcello), e a menina vê diante de si a chance de mudar seu destino. Marcello convida Carmela para ser dama de companhia de sua esposa (Ludovica), e para preparar os pigmentos para pintura de uma capela por quatro meses, mediante pagamento ao pai da menina. Carmela conhece as técnicas de afresco, e o misterioso Lorenzo, filho de seus patrões. O trabalho noturno de Lorenzo instiga a curiosidade da menina, dando inicio a uma conturbada história de amor, vivida entre tintas, obras de arte e sangue.




APRESENTAÇÃO:


É com alegria (e tristeza) que apresento a vocês a primeira resenha desta obra que muito me fascinou.
Alegria, porque, definitivamente amei a estória, e tristeza, porque a leitura acabou.
Aqui em casa, disputamos o livro (eu e minha filha) para ver de quem seria a vez para a leitura, e algo aconteceu... Apaixonamo-nos pelo o mesmo homem - Lorenzo!




Resenha

Breve Resumo:

A trama se dá em 1508 em pleno Renascimento, na Itália, envolvendo a arte em sua forma clara e envolvente através de tintas, paletas, gessos e pincéis.
Carmela, uma moça simples, vinda de uma família humilde, fora criada para o trabalho, desde que entende-se por gente, servia às suas irmãs mais velhas e ao pai, Francesco, um ganancioso sapateiro que vendia o dote das filhas, ora com intuito de se beneficiar, ora com a intensão de lhes dar bons casamentos. Ocorre, que em uma das visitas a sua sapataria, conhece um cliente (Marcello), artista, que se encanta pelo modo como ela macerava as plantas, extraindo unguento que pudesse servir como medicação às mãos feridas pelo ofício, de seu pai. Observando a habilidade de Carmela ao macerar a planta, interessou-se de levá-la consigo para Pisa, a fim de lhe ajudar na obra  encomendada por uma viúva afortunada, Natália Modena, que deseja pintar as paredes da capela construída em sua propriedade. Marcello, diante da resistência de Francesco, pai de Carmela, compra a permanência da menina por quatro meses para ajudá-lo neste trabalho.

A partir daí, vários acontecimentos surgem e Carmela acaba conhecendo Lorenzo ( o homem mais diferente, louco e apaixonado que já vi, até descobrir os motivos que...). Lorenzo é filho de Marcello, e guarda consigo vários mistérios e segredos, deixando Carmela cada mais intrigada e fascinada pelo enorme talento do rapaz.
Daí para frente, vários fatos vão ocorrer ( e não posso contar, pois só descobri no meio do livro. Algumas passagens que me  surpreenderam muito) e o destino de Carmela encontra-se entre o seu dote, desejado pelo o pai, assim que voltar para a sua casa, ou a vivência e descoberta de uma paixão capaz de transpor barreiras, superando diferenças e aceitando o inaceitável de tantas revelações que a ela surgem de modo inesperado.

Aspectos subjetivos da resenhista em relação à obra:
Confesso que desde o primeiro capítulo, fiquei totalmente presa à leitura. 
Um livro que me surpreendeu pelo modo como foi escrito, pelo cuidado com os detalhes (isso me atrai irremediavelmente), pormenorizando os aspectos técnicos utilizados pela pintura; pela modo como Rubens conseguiu  expressar aos seus leitores, o amor de uns pelos os outros na família de Lorenzo, e a incandescente paixão de  Lorenzo e Carmela.

Vejam a sensibilidade do autor com a sua escrita, e o amor sublime desses personagens apaixonantes:

"Seus braços enlaçaram-se em mim, e os meus nele. Ele encostou seu rosto no meu, e chorou. Seu toque enchia minha mente de sentimentos confusos, alegria, saudade e frustração. Mas o amor que sentia suplantava a todos os outros. Minhas lágrimas também eram um misto de sentimentos."

Teve momentos que o ar me faltava, senti que Rubens se derramou por entre as suas palavras, e pude sentir exatamente o que a personagem sentia, vejam:

"Carmela fugira da casa, e corria em direção ao muro da propriedade. Ela não sabia que eu corria em sua direção, mas eu sabia que ela vinha, e que não estava sozinha. Cães corriam em nossa direção, e agora, eu ouvia homens a cavalo se aproximando. Eu tinha que ser rápido. Eu já a enxergava ofegante, e sentia seu coração acelerado."

Outro aspecto relevante, foi o modo que Rubens misturou as falas.
As falas se entrelaçavam, dando-nos a sensação de intimidade com Carmela e Lorenzo, pois os dois narravam em primeira pessoa, o sentimento de um pelo o outro ( fiquei maluca pelo rapazinho!!!)


Carmela narra:
"Abracei Lorenzo, e depois senti seus braços em torno de mim. Eu estava confortável, protegida, nada me faria mal, e eu sabia que a partir daquele dia, nada me faria voltar a minha vida de privações ao lado de meu pai."

Ao mesmo instante, Lorenzo narra, mudando a letra:
"Meu corpo sentiu uma onda de calor que nunca experimentara. Fiquei cheio de vida, e uma coisa que há décadas eu não sentia, as batidas de meu coração, foram sentidas por mim com surpresa. Junto de meu amor, meu coração morto agora tinha vida."

Carmela e Lorenzo é um livro rico, de conteúdo cultural e apaixonante, dando-nos a "deixa" de fantasiarmos uma amizade com Michelangelo que surge no enredo ( achei o máximo isso!). Apesar de ser uma (es)tória e não (his)tória, se dá entre fatos históricos, de enredo épico e sobrenatural. Sim! É isso mesmo, um enredo sobrenatural que o leitor vai descobrir assim que avançar na leitura, confesso que fiquei de queixo caído quando descobri, pois jamais esperava que fosse... ( Não posso contar! Vocês precisam ler para saber, e vão se surpreender como me surpreendi), por este detalhe, Carmela e Lorenzo é um misto entre ficção juvenil e romance épico. Simplesmente, diferente de tudo que eu já li.

Sobre o autor:
Deu-me a impressão que Rubens nasceu com este dom aguçado, exímio estrategista, trazendo coerência para os fatos, e com muita criatividade conseguiu extrair da literatura, um clássico épico, que ao ser misturado com o que está em alta em tempos contemporâneos, nasceu esta obra maravilhosa que merce aplausos (em pé!) Simplesmente sensacional. Por muitas vezes lendo a sua criatividade, pensei - Como ele conseguiu surtir tal efeito? Como fez isso?
Conclusão - Rubens escreveu em "transe", ou algo assim. Ele respirou as personagens enquanto escrevia. Isso foi passado. Por nenhum momento, percebi que a estória não fosse real, mesmo nos momentos mais fictícios e fantásticos exigidos pelo estilo literário que ele traçou. Conseguiu mesclar fontes antagônicas como medo e coragem, sobrenatural e realismo como se fosse um brinquedo simples de se construir.


A capa: lendo o livro vocês entenderão a capa, que é a própria essência do livro.


Pontos negativos:
Os pontos negativos ( não turvaram, por nenhum minuto, a beleza desta obra) já foram repassados ao autor, como é uma obra independente, impressa pela Editora Clube de Autores, o autor já tomou as providências cabíveis.

Palavras que definem a obra:
- Arte, romance, paixão, autenticidade, medo, sobrenatural, realismo, coragem, amor... Amor, amor...


Estrelas -   *****


Uma obra digna de publicação - tranquilamente!




"Recado ao autor Rubens Conedera":

Eu me apaixonei por Lorenzo...  E agora, Rubens? 

Você vai ter que escrever outro livro para me trazer Lorenzo

 de volta... : (



Adquira esta obra AQUI


______________________________________


Para terminar, uma breve entrevista com o autor
( Vocês conhecerão a fonte disso tudo...)


1- Fale-nos sobre você. 

Meu nome completo é Rubens Maciel Conedera, tenho 33 anos, natural de Pelotas – RS. Sou casado e tenho duas filhas. Sou eletrotécnico, trabalho em uma multinacional há treze anos, e a noite estudo na Universidade Federal de Pelotas, cursando Licenciatura Plena em História. Sou uma pessoa discreta, dedicado inteiramente a minha família e amigos. Sempre li muito, desde criança, influenciado por meus pais. Vem também da infância a facilidade para escrever, algumas das minhas redações participaram de concursos interescolares. 

2- Qual foi à influência (ou inspiração) que lhe fez escrever esta obra? 

Minha principal inspiração com certeza foi o amor. Tenho uma família maravilhosa, um pequeno grupo de grandes amigos, e ambos me proporcionam um turbilhão de sentimentos. As principais influencias vem de grandes escritores e suas obras consagradas. Quem nunca ouviu falar de casais como “Romeu e Julieta”, “Tristão e Isolda”? A História também nos trás alguns casais interessantes, como Júlio Cesar e Cleópatra, Lampião e Maria Bonita. Com “Carmela e Lorenzo”, criei uma estória que fala de amor, História e Arte, meus assuntos prediletos.

4 - Ficou alguma lição para a sua vida pessoal? Qual?
Sim, com certeza ficou. Devemos aproveitar ao máximo a presença das pessoas que amamos, e tudo de bom que elas podem nos proporcionar, como um beijo ou um abraço. As nuances de situações como estas são únicas, sempre diferentes, mesmo que aconteçam com pessoas que estão sempre conosco. Cada dia que passa, é um dia a menos que temos com os nossos; devemos viver intensamente tais momentos, lutando com esmero pelo que queremos.

5- Quais são as suas perspectivas inerentes a "Carmela e Lorenzo"?
Minhas perspectivas são as melhores, acho que escrevi uma boa obra. Penso que a escrita é uma arte, e como todo artista, quero que pessoas vejam minha obra, e a avaliem. Mais importante do que ganhar dinheiro, o escritor de verdade quer ver as pessoas lendo seu livro, e falando dos sentimentos que foram inspirados pela leitura, positivos e mesmo os negativos. Simplesmente ver minha obra em uma livraria já me deixaria muito feliz.

6 - Deixe um recado para os leitores do Clube dos Novos Autores.
Os leitores são nossa principal motivação, é para eles que nossa obra existe. Pelos leitores e por suas criticas tenho um grande respeito, por que nos transmitem a energia necessária para seguirmos adiante. Meus sinceros agradecimentos. Eu gostaria de agradecer também ao Clube dos Novos Autores, pela projeção que estamos alcançando, graças ao trabalho sério que a equipe desenvolve, e em especial a incansável Adriana Vargas.

Um feliz Natal, um ano novo repleto de realizações e de novas maravilhas literárias! 




Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

27 comentários:

Rubens Conedera disse...

Li esta resenha com a mesma emoção que senti ao escrever "Carmela e Lorenzo". Só tenho a agradecer ao Clube de Novos Autores, por tudo que tem me proporcionado. Não encontro palavras para agradecer aos elogios e as criticas enriquecedoras, que me fazem acreditar que meus sonhos podem se realizar!!!

Ana Caroline Guimarães disse...

AAAAAAAAAAA QUE LINDA ESSA RESENHA E FIQUEI LOUCA PARA LER AGORA...AGUÇOU MINHA CURIOSIDADE PARA ESTA OBRA FASCINANTE \O/
BEIJOS
fomesedeevontadedeler.blogspot.com

Elisandra disse...

Adri,
Gostei muito da resenha, ela é bem intensa e nós faz querer ter logo os livros em mãos para poder descobrir tudo que disse em suas palavras. E um romance sempre nos deixa um gostinho de quero mais. Desejo sucesso tanto pra você como para o autor....\o/...Pelotas no verão é bem quente...lembro disso na última vez que estive por lá...\o/....beijokas elis

Vitrine de Promoções disse...

Adriana

Excelente e maravilhosa resenha fechada com chave de ouro com a entrevista do autor Rubens Conedera.
Viver o amor e escrever sobre ele já é um dom de Deus por si só.

Fiquei comovida com as falas de Lorenzo e todoo envolvimento que este livro traz.
Com certeza é para se apaixonar e viajar por esta estória vivendo esse lindo romance cheio de tradições e proibições.

Parabéns ao Clube dos Novos Autores por mais um grande talento da nossa literatura brasileira.

Beijos
Irene Moreira

Leila Krüger disse...

Oi! Tu poderias divulgar meu livro "Reencontro"? Tu divulgas só com parceria (envio do livro)?

Beijos!

http://leilakruger.blogspot.com
www.leilakruger.com.br hot site de "Reencontro" com primeiro capítulo

Róbson Lousa disse...

HaHa!!! Apaixonou por Lorenzo?! E a Carmela? (kkkkk) Adorei, viu. O livro parece ser tudo de bom, cheios de mistérios que adoro! A resenha ficou maravilhosa. Parabéns!!!!

Mia Antiery disse...

Nossa!!! Fiquei curiosa para conhecer toda a historia.
Sucesso!!!

Paul Law disse...

Puxa, a resenha é positiva ao extremo quanto a obra do autor Rubens. Acho que ele fez por merecer e fiquei curioso para conhecer o livro. Eu sempre acreditei no potencial dos autores nacionais!

Gostaria de parabenizar o autor pela obra e a Anna pela resenha.

Sucesso!

J.C.Hesse disse...

Assim não vale, sem ler o livro já fiquei curioso. Certamente está na estante dos livros que irei ler, não agora, mas irei ler! Parabéns pela resenha. Mas deveria ter o nome de "Provocação".

Abraços e boa sorte com a obra!

Anônimo disse...

Rubens!
Acredito que todos que lerem esta resenha ficarão bastante cusriosos assim como eu fiquei!Quero ter a oportunidade de conhecer melhor "Carmela e Lorenzo! Parabéns pelo teu trabalho e muitooooo sucesso! Bjãoo ( Jaqueline Santos)

Ocelo Moreira disse...

Olá Adriana!
Adorei a resenha, você bem especifica.
Para ser sincero foi a resenha mais detalhada que eu já li.
Gostei bastante de seus pontos de observações.
Isso aguça ainda mais nossa curiosidade pelo livro, que segundo sua resenha ele parece ser realmente interessante.
Parabéns pela ótima e bela resenha.
Abraços,
Ocelo.

J.C.Hesse disse...

Os grandes resenhistas, treinados e escolados, que já partiram desta para uma melhor ou pior, sei lá e outros ainda na ativa. Devem estar se revirando em seus túmulos e remechendo-se em suas cadeiras.
As convensões dizem que uma resenha, para ter valor, precisa ter forma, sequência e estar dentro dos conformes. Pergunto eu, quem disse isso? Será que esta não está boa?

Simples, coesa e não desrespeitou a obra e o autor. Tão pouco a literatura! Essa resenha é fruto de inovação, quiçá de evolução, mirem-se neste exemplo. Nada de preciosismo exacerbado, que se revirem mesmo, em seus túmulos e que caiam de suas cadeiras!

Agradecemos ao legado, mas os tempos estão mudando, por esse motivo estamos aqui, novos autores, novos leitores com novas idéias.

Abraço

Denis Lenzi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Denis Lenzi disse...

Nossa, que resenha é essa? Ficou muito boa e a obra do Rubens deve ser excelente. Mais ainda a obra por ser escrita por um autor brasileiro, provando mais uma vez o talento nacional. Parabéns, Rubens, pela obra e da entrevista e para Adriana, pela ótima resenha, provando ser uma ótima resenhista. Abraços!

Anna Leão disse...

Nossa, fiquei sem fôlego ao ler esta resenha, imagino quando estiver lendo o livro!
Parabéns Adriana, resenha perfeita!!!
Parabéns, Rubens, sua história parece ser fascinante, estou doida para ler!!!

Beijos aos dois,

Anna
www.annaleao.com.br
blogdarainhadafloresta.blogspot.com

Rubens Conedera disse...

Muito obrigado a todos que comentaram esta resenha, que para mim está sendo o ponto máximo de minha curta carreira! Mais uma vez, fico eternamente agradecido a Adriana Vargas (com quem falei hoje por telefone, não poderia deixar de agradecer); que conseguiu transmitir o espirito do livro.

Cidinha disse...

olá Adriana. Gostei da resenha... muito interessante a história.Gotaria também de conhecer mais sobre o autor! Bjos.

@ Moda e Eu. disse...

Muito legal


Sthéfanie Paula Cachoeira Rezena – modaeeu.blogspot.com
Autora e Coordenadora de Divulgação
CLUBE DOS NOVOS AUTORES


Beijinhos, Blanc.

Fernanda Souza disse...

É tanta paixão nessa resenha... Preciso desse livro para me apaixonar pelo Lorenzo também rsrsrs
Pela resenha, parece ser daqueles que vc só larga para comer e dormir (quando consegue).

http://leitoraincomum.blogspot.com

Sandra Puff disse...

Olá, Adriana...
Obrigada pela visita aos Sapatinhos da Dorothy!
Já estou seguindo os Novos Autores...
E hoje passei aqui para dizer:
"EU APOIO OS NOVOS AUTORES"

Abraço,
Sandra,

Apaixonada por Romances disse...

Olá!

Gostei da resenha!O livro parece ser bem interessante e fiquei muito curiosa para lê-lo.

Beijos
Apaixonada por Romances

Marco Antonio disse...

Boa noite Adriana,

Não conhecia o livro e nem o autor, gostei da sinopse e fiquei curioso, depois li a sua excelente resenha e a curiosidade só aumentou e a capa é muito legal.

Parabéns!!!

http://devoradordeletras.blogspot.com/

Amandio disse...

Parabéns ao autor do livro e resenhista que transmite o que sentiu em todos os momentos que estava lendo o livro!!!
Muito boa a resenha e o livro dever muito bom!
Beijos Adri.

Anônimo disse...

Parabens muito bom o livro

Anônimo disse...

sexo

RUDYNALVA disse...

Adriana!
A resenha foi perfeita. Encantei-me tanto que esse foi o livro que escolhi para ganhar e confesso estar curiosa por desvendar as páginas do livro escrito pelo Rubens!
Parabéns a ambos!
E depois ainda me diz que quer aprender a resenhar comigo?!... Quem aprende com você sou eu.
Cheirinhos
Rudy

http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/


"Eu apoio os novos autores"

Rapha disse...

Dri, que resenha linda!!
Toda detalhada do livro, adorei esse estilo *-*
Qnto a obra, deve ser mto boa mesmo!
Vou ser sincera, não curto mto romance de época, mas sei lá, esse me deixou curiosa, fiquei super a fim de conhecer Carmela e Lorenzo e o amor entre eles.
E a entrevista? Adooorei!! *-* Parabéns de verdade pelo trabalho incrível que faz!!

Beijocas
Rapha – Doce Encanto.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...