quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Olha o teu feijão

De onde estou, vejo uma fração do mundo, estou de frente para a janela e limitado pela folhagem densa do jardim. Por entre as folhas posso vislumbrar a vida na rua, vejo a dona Carmela, já vai para a outra calçada, na frente de sua casa mora Joana, sua amiga. Não posso ouvir, mas sei que esticou o braço e enfiou-o pela grade do portão, deve ter apertado a campainha. Passou a mão pelos cabelos grisalhos, olho para o pé, levantou-o e segurou a chinela, fez algumas verificações e voltou a colocar tudo em seu devido lugar, no chão.

Eu não podia ver, mas pude perceber que alguém achegou-se ao portão, pois ela ficou bem perto, encostada na grade. Seu Antônio saiu do portão de sua casa e passou, cumprimentando-as, tenho certeza, agora, de que dona Joana é quem conversa com dona Carmela, devem estar costurando as vidas alheias. Duas casa para frente alguém sai carregando um saco de lixo e coloca-o para o lado de fora, acena um tchau e volta para dentro. A conversa devia estar boa, mas foi interrompida por um forte cheiro de feijão. Da casa de dona Carmela saia uma fumaça cinza e fez com que a velha desse dois saltos e alcançasse seu portão, sumiu lá para dentro, como fiquei curioso para saber o que estava acontecendo.

Sabe de um detalhe, me vi como um fofoqueiro, cuidando da vida alheia. E quer saber algo mais, tomara que o feijão tenha queimado mesmo, agora preciso voltar à cozinha, lembrei de que também tinha feijão no fogo.

Texto e criação do autor J.C.Hesse, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

4 comentários:

Mariana Mello Sgambato disse...

tenho umas vizinhas a la Dona Carmela, viu...!

renatocinema disse...

Retratar o cotidiano na arte é mágico. Seja em textos ou no cinema.

Raquel Nonato da Silva Lisboa disse...

Muito bom... E pensar que às vezes também me vejo como dona Carmela e dona Joana... Só que nunca deixei o feijão queimar!

Visite meu blog: http://juntando-palavras.blogspot.com.br/2012/12/2-cronicas-e-contos.html e conheça algumas crônicas do cotidiano escritas por mim. Abs!

Ahtange Ferreira disse...

Tão bacana ver esse seu talento, transformar uma cena corriqueira em algo atraente e gostoso de ler.
Sou sua fã sabia?
Abraços!

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...