quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Tristes humanos


TRISTES HUMANOS


Por Anna Leão


Tristes humanos em sua arrogância
Vivem uma vida infeliz de puro acaso.
Ao contrário daqueles que de fato amam
Os humanos infelizes se comportam como loucos.

O que querem não é amor, paz e liberdade
Querem matança, escravidão, desunião
Na ilusão de uma superioridade
Que insiste em atacar e dominar

Vivem numa sociedade morta em descaso e desespero
Uma sociedade anestesiada e infértil
Uma sociedade maltratada e insana
Uma sociedade que sangra perpetuamente

O que esperar de tal síndrome funesta?
O que esperar de tanto pânico e dor?

Quem sabe uma luz lá do alto ainda possa salvar
Essa que agoniza num pranto de horror!

Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita.
Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...