sexta-feira, 3 de junho de 2011

Membro do seu corpo

                                           





Escuta os sons...
Acordes do meu corpo te convidando para dançar
Beijos afoitos desenham o céu nos lençóis de nosso leito
Encostando-se em meus lugares, faz-me purpurinas caindo sobre nós
Tocando possante em meu corpo, encaixa-me o céu
Viver jovem, ou viver eternamente
Só vivo se for ao nó atado da língua sua aos meus arredores
Que a vida então seja uma corrida curta, se neste instante ao meu lado estiver
Temos o poder do renascimento
Somos forte juntos...
Somos amantes no uno
Subsequência do desespero do relógio que não passa quando não está
Que não pára, quando minhas mãos estão por dentro de suas roupas.
Os meus olhos não cansam de te olhar
Recitando versos inocentes a sinfonia de um zíper a ronronar
Abrindo a porta para o sol de um pirilampo que brilha durante o dia
Noite, tarde ou madrugadas...
Pirilampo sou, sempre acesa aos seus sinais
Algoz de teu suor
Membro do seu corpo.


Texto e criação de Adriana Vargas de Aguiar, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

2 comentários:

Dener Luiz disse...

Linda mensagem...vc escreve...

Paradigma disse...

Posso sentir o nosso baile
posso fazer uma musica e ela ter uma rima especial que só entendemos juntos, que é a nossa melodia da vontade desejada, não me deixe só porque sentirei a falta da das tuas estações
e te chamarei sempre vem que te quero e te amo
Vem minha rainha.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...