sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A biografia de uma inspiração




Alguém me escuta?

Os sons noturnos se confundem com a realidade vista de um ângulo que somente os meus olhos possuem acesso durante a madrugada que se perdura no tempo... Todos dormem...

Ouço passos no corredor, e uma voz assoviando sílabas me irritam a ponto de me fazer perambular pela casa em busca de companhia. A solidão fixada na parede adornada por uma moldura robusta a qual reproduzo a polegadas - é o meu retrato olhando para mim no fundo dos olhos... Sinto o vazio familiar agarrando-se às pontas dos meus dedos, como o filho nas entranhas com medo de nascer... Não! Não quero nascer sem antes alguém me levar pelas mãos em um sonho andarilho que me afama de louca...
Louca para nascer no que tanto espero... 
Louca para sentir... Não o louro da esperteza que me pesa na cabeça, mas a felicidade que é provar dos frutos da árvore que plantei... Gritando ao avesso - me deixam nascer! Não sou feita de tinta tal como o retrato ostentado na parede, que não pode tomar banho de chuva... Que não pode chorar... Que não toma sorvete quando na busca por um prazer imediato substitutivo de minha ânsia... Ânsia de quê, Dom Quixote, não se cansa de correr atrás dos moinhos de ventos? Quando vai parar para se organizar ao uniforme de soldado dos homens que acreditam que viver é ter uma estrela no peito... Que viver é trabalhar para se ganhar dinheiro... Olho novamente para o retrato, e pergunto - Onde está o seu dinheiro para que possa ser gente? Quer sair da moldura, então venha para a prisão do capitalismo, e pare de me olhar pelo menos um minuto sequer... Quer-me por em seu lugar? Inspire-me somente... Inspire-me, trazendo-me a vida existente em si, o qual não percebe, e ninguém sabe... Somente nós...

Se ao menos eu tivesse a coragem de abrir os olhos agora, e olhar para mim...Quem sou? Apenas o retrato ostentado na parede, ou o ser ofegante, que suspira, anseia e com os lábios trêmulos, sem intenção, apenas se constitui por desejo, diz, sofro por tudo que me falta... Pelos minutos que me restam na penumbra de um sonho distante... Onde estão as armas que me protegem de mim mesma, quando se quer realizar somente um pouco... Em migalhas os sonhos meus... É isto que quer? Ser um eterno almirante em busca da arca perdida; sonhos vagabundos... Torpes... Embriagantes.. Submeto-me por não ter mais para onde ir... Por não saber voltar para a porta do mundo, lá fora... Onde os assassinos de sonhos rirão de mim, vendo-me com o meu livro embaixo do braço; sem eira, nem beira; sem dinheiro, sem status; sem novelas; sem vitrines, sem o chão, pois a mim, só restou às nuvens para andar... Um livro, que não escrevo; desabafo... Um retrato na parede que não olho, dou vida, e pares de olhos, que me espiam apenas... Leiam-me até onde permito - estúpido engano...
Tais olhos não me leem, eles veem a minha alma.


 ADRIANA VARGAS DE AGUIAR
(Autora de O voo da estirpe e O oitavo Pecado)



Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.


*****

CANTINHO DO NOVO AUTOR

Apresento


Num tempo em que as palavras abundam e a vontade de ler é tão pequena, num tempo de tantas ideias e tão pouca filosofia, escrevo como para deixar uma lápide pessoal para a história. Nada de especial. Talvez nada tão importante, mas um grito diminuto, silencioso, de alguém que insiste em viver pela palavra, pela filosofia, pelas ideias e pela possibilidade de tudo isso.
“Nenhum homem é uma ilha, um ser inteiro em si mesmo"... O fragmento do famoso poema de John Donne abre as portas do Blog que dá nome a este Livro. E não por acaso. Por não se sentir uma ilha, mas um ser imerso em um mundo de contrastes, a autora deu início a uma coletânea de divagações literárias - obras do pensamento de um ser em movimento, atuante e observador do cotidiano. Este livro é uma coletânea das melhores crônicas publicadas em cinco anos de devaneios



*****

Você já sabe - dia 10. serão sorteados 16 livros entre os seguidores deste blog, quanto mais comentar, mais chances de ganhar!!! Fiquem de olho na promoção de outubro que vem aí... Mais e mais livros!

19 comentários:

Amandio disse...

Sou teu fã belo texto beijão

Francilangela disse...

Combinação perfeita.

José disse...

Olá Adriana!
Boa Tarde,Sabes que estou a gostar cada vez mais dos teus textos, dizes que o que escreves não é "nada de especial", para mim é,e o teu grito atravessa esse mar imenso e chega até mim. e sinto que tens um coraçãozinho na ponta dos teus dedos.

Um beijinho,
José.

Paulo Cesar PC disse...

Belíssimo texto. É de um conteúdo elogiável Parabéns de verdade.

Vinicius.C disse...

Como sempre um arraso!

Muito obrigado pelo carinho Adriana- venho deixar um beijo e desejar uma ótima tarde!

Espero por você no Alma!

@ Moda e Eu. disse...

Gostei!

Aclim disse...

"Tais olhos não me leem, eles veem a minha alma."

Mostramos o que vai na alma em nossos escritos..

Abraço

silvioafonso disse...

.


Não tentes, não percas o teu tempo, pois
não quero e não lerei outras letras se-
não as que formam o sorriso no teu rosto.
Não insinues, não me instigues, pois em
cada ponto e cada acento eu sinto a pre-
sença ou a distância de tua presença.
Não quero e portanto não vou ler um a-
panhado de letras que não sejam tuas.
Não quero ler rima de rua com lua se em
cada estrofe eu não sinto a musicalidade
da tua poesia.

silvioafonso





.

Severa Cabral(escritora) disse...

essa biografia traz um texto que brilha na alma e reflete dentro do coração...eu amo suas escritas...me fascina...
E vc gostou da minha festa?
Sei que sim ...chegou até descobrir que estou amando,kkkkkk,menina do céu nós escritores sofremos dessa doença,e o pior que é contagiosa,kkkkk.Vc tbm sofre desse mal?Acho que sim!
bjsssssssssss

Eneida Freire disse...

Excelentes e envolventes!
Todos dois!
Muito bons!
Beijos!
http://tengacreencia.blogspot.com

Enigma disse...

Olá Adriana,

Que texto magnífico, a sua arte é inenarrável. Foi muito bom conhecer um pouco mais sobre você. Admiro mais e mais o seu trabalho, você é maravilhosa. Um beijo no coração!!

http://umblogsemfrescura.blogspot.com/

Enigma.




http://umblogsemfrescura.blogspot.com/

Marli Carmen disse...

vc tem o dom da escrita!

Andréa disse...

Olá Adriana!!!

Amei o seu convite no blog...vim o mais rápido possível para conhecer esse blog maravilhoso que traz textos incríveis...parabéns pela iniciativa desse projeto de incentivo a leituras e novos escritores no nosso país que como você disse um país que não lê...é claro que eu quero: eu quero participar do clube dos novos autores!
Estou seguindo o blog.
beijos

Artes e escritas disse...

Adriana, nada mais aprazível que provar os frutos daquilo que você cuidou. Um abraço, Yayá.

lenalima disse...

Obrigada por me convidar, aqui estou!!!
abço!

Evanir disse...

Ebaaa cheguei é Dia 10 hoje complicou minha vida mais cheguei.
Feliz venho deixar meu carinho e lembrar a galera que hoje é meu niver.
Uma linda noite beijos na alma.
Evanir.
Já esquecendo amei todos os textos na verdade aqui só tem fera.

LUCONI disse...

ADRIANA em primeiro lugar me perdoe o sumiço que dei mas é que mudei de casa e mudança é um trabalhão e ainda por cima leva dias para se ajeitar, agora quero te parabenizar por mais este excelente texto, menina você faz magia com as letras, sempre me prende do inicio ao fim, sucesso para a Mariana Collares e também queria te dizer que hoje o livro chegou,minha vizinha da casa que eu morava recebeu pra mim e estou indo lá para buscar amanhã,vou ler e depois pretendo fazer alguma resenha, prosa, no meu blog, quando fizer te aviso, estava já saudosa deste espaço delicioso, beijos Luconi

Evanir disse...

Adriana.
Agradeço de coração seu carinho comigo
eu acho que você já conhece meu coração.
Linda homenagem que recebi aqui foi com surpresa
muito grande para mim.
Pode ter certeza foi lindo esse presente.

Coloquei o banner com o link desse maravilhoso espaço e com link .
beijos meu amor vou te encaminhar o email.
Parabenizo esse trabalho tão lindo que você faz.
Um grande incentivo a leira amiga.
Grata por tudo beijos no coração.
Evanir

Maria Alice disse...

Oi Adriana! Não me canso de descansar-me à sombra desse blog maravilhoso. Obrigada pelo seu carinho! Bjs.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...