quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Escrever para mim, é...



Escrever para mim, é mais do que as ilusões que as palavras transformam o meu motor combustor; é a presença de um Poder Superior se revelando através de um ser mortal, sujeitos aos tropeços da vida.
Não acredito em um retorno satisfatório que traduza este ato; e nem tão pouco em dinheiro algum que me faça sentir-me melhor do que a mísera e cruel vida que levo para me declarar; me expor; transcender; GRITAR... Sim meus amigos! Escrever é não é se profissionalizar, ou se converter aos padrões da massa capitalista em escravo que vende os seus sentimentos a ponto de se prostituir literariamente, a quem nasceu para ser uma empresa; que vive dos meus sonhos rabiscados, torpes, e muitas vezes sem sentido... Sem sentido, porque a única forma de entender o que sinto enquanto escrevo, é ter no sangue, única e exclusivamente a arte livre, voando; escrevendo quando quero; quando me inspiro sem a obrigação de minhas palavras se encaixarem em um modismo emergente que devora a literatura.
É tão divino este dom, que escrevo até mesmo em momentos de desespero; decepções; frustrações... 
Escrevo até mesmo quando não tenho dinheiro; quando perdi meu emprego, ou alguém que amei...
Escrevo para agradecer; para dizer - NÃO!Eu não concordo com você...
Escrevo pela a morte de um filho, ou pela perda de minha mim mesma...
Escrever é muito além do que ter o meu pé afundado no cimento de uma calçada da fama; é muito adiante, e aquém, do que uma editora possa esperar de um pobre e louco autor, que não tem como pagar pelo seu sonho; que dorme e acorda na esperança e na fé de ter um dia um livro seu em suas mãos... um livro material, feito de papel, que poderia se queimar, folha a folha, e eu continuarei escrevendo... Não posso parar! Quando paro, estou morta; vegetando; sem cor e sem razão para viver.
Escrevo quando levo um NÃO diante de minha cara lavada e ousada - Você não se encaixa em nossa linha editorial!
NÃO!O seu projeto não tem o perfil do que buscamos!
NÃO!Não vou comprar o teu livro, você é desconhecido; nunca ouvi falar de você, que ousadia!!!
NÃO!O seu escrito é uma "porcaria", procure os seus iguais, os que não possuem prestígio; não vão para as bienais; não lavam o chão para o editor passar... 
Continuo escrevendo, porque descobri que escrever, é muito mais do que um sonho; é a confiança que recebo de cada um que se arrisca a ler-me; engolindo-me com ou sem um gole d'água... Vocês me leem porque querem simplesmente; publicam-me sem saber... Sem pedir dinheiro, ou sem me dar um orçamento para eu saber quanto valho.
Diante de tudo que tenho certeza, e diante das coisas que nada sei, apenas algo sinto, e desejo arduamente, que este mesmo Poder Superior que me trouxe a escrita, não permita que eu esmoreça; alimentando em mim  a mesma naturalidade que me permitiu ao escrever o primeiro livro aos oito anos de idade, para que deste modo, eu possa continuar escrevendo, parando, as vezes, para GRITAR aos incrédulos que não seja tão surdos a ponto de poder me ouvir, ou sussurrar ao menos - autores, escrever tem que ser por amor; por devoção, não se prostituem a troco de vinténs. O dinheiro se acaba; o sonho se transforma, mas o amor pela arte e dom que oriunda esta, é para sempre.

ADRIANA VARGAS DE AGUIAR



Aproveito a oportunidade para agradecer imensamente a todos que tem apoiado O CLUBE DOS NOVOS AUTORES; sem vocês, não poderíamos ter chegado até aqui, com uma mala em uma mão, e dentro dela, apenas um original.

Agradeço em especial ao carinho de nosso autor JUNIOR MENEZES, pelo carinho e respeito em ter utilizado um espaço em seu blog para me fazer esta linda homenagem:

http://umaviagemaofuturo.blogspot.com/, que sinceramente veio em um momento em que mais precisei de um conforto, ou mão amiga. Obrigada Junior, um dia chegaremos lá... Em profundo estado de gratidão, transmito a vocês o trabalho de nosso autor:


Após longos anos de aventuras como pirata espacial, Sarah Redner recebeu o convite dos Anciões Galácticos para ser a capitã do cruzador espacial Mendok, uma nave ultrassofisticada e equipada para missões de longos períodos, ela aceitou imediatamente. Em uma dessas missões, o sistema de bordo da nave sofreu uma grave pane, que resultou em um terrível acidente, sem as coordenadas dos computadores, o poderoso cruzador se perdeu e ficou a deriva sob o silencioso firmamento do universo, sendo levado ao planeta Terra, um mundo totalmente devastado, onde a vida se abriga nos lugares mais inóspitos, mas não apenas a vida humana, agora o terceiro mundo está povoado por diversos seres humanóides, insetos inteligentes, criaturas que habitam os desertos, é um planeta repleto de perigos. O passado e o futuro não significam nada. Com a sua nave destruída, e o seu comunicador danificado, Sarah só consegue se comunicar de forma remota uma vez com James Roots, seu atual namorado. Porém, não consegue dizer onde está. Toda a tripulação da nave Mendok morreu no acidente, exceto ela. Sozinha e sem esperança, a capitã terá que descobrir uma forma de reconstruir a sua nave, para poder voltar para Lesmine, planeta onde reside atualmente. Entretanto, os kechanianos também caíram na Terra. Eles irão caçá-la como se fosse um animal. Sarah Redner encontrará amigos em locais que até então pareciam desertos e impossíveis de abrigar a vida. Estes povos são conhecidos como os povos sem rosto e índios verdes ou simplesmente bárbaros errantes. Tais povos, não conhecem a tecnologia, vivem de forma primitiva....

Escrevo e desenho desde criança. Sou fã de livros e filmes de ficção-cientifica e fantasia, isso que me levou ao gosto pela escrita. Sou baterista free-lance (sem banda fixa) toco nas noites da minha cidade e durante o dia trabalho como técnico em informática, atualmente desempregado. Na parte literária, estou buscando meios para divulgar o meu trabalho autoral, claro que enfrento dificuldades devido a falta de conhecimento poucas pessoas me apoiam e algumas até cobram para divulgar. Atualmente tenho três livros publicados na Internet :AKELON UM NOVO MUNDO, AKELON PERDIDOS NO VELHO MUNDO e A CIDADE DOS MARES, mas tenho muitos outros projetos em fase de construção



APLAUSOS AO AUTOR!


Texto e criação de ADRIANA VARGAS DE AGUIAR, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

21 comentários:

Renata disse...

Belo texto, Adriana! Ultimamente eu ando pensando que eu escrevo é para aquela única pessoa que vai gostar do que eu escrevi (se uma pessoa só gostar eu já vou estar feliz).

Junior Menezes disse...

Obrigado por retribuir a homenagem que fiz a vc e a todos deste blog maravilhoso!!! O texto ficou sensacional, repleto de emoção e profundidade!!! Parabéns pelo seu pioneirismo e dedicação!!!

Amandio disse...

Você tem nas mãos tudo, palavras certas bem critica e cheia de sentimentos, falaz e tudo que diz penetra e faz bagunça no ser que quem ler.
Teus escritos faz-me pensar e repensar parabéns e você merece todas as vitórias, todos desafios tu superas. Beijo te admiro muito, muito de coração...
Amandio Sales

Caleb disse...

Texto muito bonito, lindas palavras.

Juju Porcino Loureiro disse...

Lindo texto. Parabéns!!!
Esse pensamento é bem real...
"Continuo escrevendo, porque descobri que escrever, é muito mais do que um sonho; é a confiança que se recebo de cada um que se arrisca a ler-me; engolindo-me com ou sem um gole d'água... Vocês me leem porque querem simplesmente; publicam-me sem saber..."
Beijos e fique com DEUS!!!

Eloah disse...

"mas o amor pela arte e o dom que oriunda esta, é para sempre." Lindo querida.Adorei teu texto.escreves lindamente.Obrigada pela visita.tenha uma semana doce e inspiradora.Bjs Eloah

Eneida Freire disse...

Adriana, adorei o texto!
Adorei também sua contribuição ao meu querer, meu desabafo, em
http://tengasonrisa.blogspot.com
Muito obrigada!
Beijo!
http://tengacreencia.blogspot.com

Rapha disse...

Adriana que texto lindo! Adorei!!! Vc escreve maravilhosamente bem!!

Qnto a homenagem do Junior, acabei de ler. UAL, vc é muuito inteligente, parabeens!!
Além de tudo é super humana, né?
Adorei saber mais um pouco sobre vc.

Sucesso hoje e sempre, que vc continue essa pessoa iluminada!! :D

Beeeijão!
Rapha - Doce Encanto

Kurtis disse...

Realmente muito bem escrito. Muito Bom.
Apl. Kurt

Evanir disse...

AMIGA NOS ULTIMOS TEMPOS HOJE VOCÊ DEIXOU UM RECADO QUE MEXEU MUITO COMIGO.
A ESPERANÇA MESMO SEMPRE OUVINDO DIZER QUE ESSA É A ULTIMA QUE MORRE NÃO É MEU CASO HOJE DEPOIS DE UMA DECEPÇÃO QUE ESTOU PASSANDO .
MESMO TENDO UMA INFINITA FÉ ESTOU BALANÇADA .
QUANTOS SONHOS PODEMOS DEIXAR DE REALIZAR EM NOSSAS VIDAS .
A MINHA ESPERANÇA AMIGA MORREU EM VIDA.
TE AMO MUTO BJS.
EVANIR

Marina Fligueira disse...

Excelente Post Adri. Fue un placer leerte, uno escribe por todas esas razonen y por muchas más.
Porque somos, porque sentimos, porque sufrimos, porque lloramos, porque amamos o, simplemente porque, escribir nos libera de grandes tensiones ¡y porque nos gusta! Comunicarnos es muy esencial para la supervivencia y mejor calida de vida.

Te dejo mi gratitud y mi abrazo sincero. MARINA

Samuely B B L disse...

Obrigada, Adriana! O prazer é todo meu em seguir esse blog e as novidades dos talentos brasileiros!
Um beijo grande

Tonha_farias disse...

Olá,muito boa tarde!
Querida,obrigada por lembrar de mim.Beijo carinhoso no teu coração.Fique com Deus.

Ianê Mello disse...

Seu texto contem muitas verdades. A escrita é de fato uma arte que se desempenha por amor. Escrever esperando louros e reconhecimento é preparar-se para a decepção que virá. E que nos leva a prosseguir é o gosto pela escrita, o impulso que nos leva a ela, é um dom que possuímos. Parabéns pelo belo texto!

Parabéns também ao Junior pelo texto bem escrito e pelos livros publicados na internet. Desejo-lhe muita sorte.

Obrigada pela sua visita e por estar seguindo meu blog.
Gostaria que me visitasse nos outros blogs que ainda não conhece:

http://labirintosdaalma.blogspot.com/
http://dialogospoeticosimello.blogspot.com/
http://ianemello.blogspot.com/

Grande beijo e sucesso.

Francilangela disse...

Adriana, você provoca os elogios e homenagens por ser tão incentivadora.

MOISÉS POETA disse...

Adriana , querida !
adorei seu texto por vários motivos .
primeiro que concordo em tudo que você disse
em relação a preconceitos com novos leitores.
eu mesmo ja percorri algumas editoras para
publicar meu livro de poesia e sempre encontrei
a porta fechada.

Segundo que adoro textos escritos com o coração
na ponta da caneta. percebi isso no seu texto...

Desejo sucesso para esse blog tão querido por todos nós!

Sucesso também para o Júnior!

Um beijo grande ,Adriana!

francine cruz disse...

É, Adri, não é fácil ser escritor no Brasil... Mas eu acredito que um dia a gente chega lá!
Beijão, linda!

Irene Moreira disse...

Adriana
Que lindo texto. O escrever para ti está na alma, no seu eu, no seu ser e que esteja assim sempre porque através do teu escrever quero poder tocar e sentir a naturalidade de como fluem.
Parabéns a ti e ao Júnior por sua história devida e determinação na busca de seu lugar ao Sol. Apesar de ter um estilo de leitura umntanto eclético a ficção tem que me conquistar e lendo esse trecho do AKelon já estou apaixonada.

Obrigado pela visita e palavras de incentivo
Beijos

@philipsouza disse...

Oi Adriana, é um prazer atender um pedido seu, de uma grande escritora renomada como você, um gabarito enorme que vem ajudando muitos blogueiros a crescer, e o blog Entrando Numa Fria deseja sim fazer parceria com você. Me informe por favor como podemos proceder?

estarei aguardando... quanto ao seu texto, acredito que nem preciso deixar mais nada, os leitores acima encarregou de falar tudo. Simplesmente a sua escrita é como uma viajem.

bjos

Philip Rangel- Entrando Numa Fria Blog

SOL da Esteva disse...

Adriana

A Verdade nasce nua e se nos aparece crua.
As tuas palavras são comuns á maioria silenciosa.

Força, Amiga.

Beijo

SOL

Nil Lima da Silva disse...

Olá Adriana,
percebo que para você escrever é viceral, e o melhor de tudo é que seu sonho, sua necessidade de criar e os tapas na cara não te afundaram em derrotas, elas te elevaram.
Você buscou seu meio, e tá levanto um monte de gente de roldão no seu projeto...isso é incrivel!!!
Parabens garota por manter sua cabeça acima da manada.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...