terça-feira, 11 de setembro de 2012

No silêncio


No silêncio acontece a coragem, o medo, o pavor, a humilhação, a resignação, a alegria e a tristeza.  Acontecem as palavras que não podem ser ditas, as declarações que não podem ser ouvidas e o som abafado dos corações apaixonados. Acontece um mundo, dentro de um mundo.

No silêncio se ouve o passo não dado, o abraço recuado e o beijo escondido. Se sonha com o objetivo atingido e com o erro cometido. Ganha-se o jogo, ainda não jogado e a derrota, já sofrida. Eu escrevo sobre você e mostro tudo o que desejo. Vejo o teu sorriso, atendendo o meu pedido. 

No silêncio, ouço o teu coração, disparado de emoção, num som tão alto, que confundo com o meu. No silêncio quero mais, penso mais, posso mais, consigo mais e calo! Calo no silêncio das circunstâncias, que impedem o grito. Mas que impelem a alma ao canto da sala, esperando que o tempo cure. No silêncio, meu choro não molha e nem é ouvido.

No silêncio, não precisamos de remédio, o remédio, é o silêncio do grito não dado. Nele, o não, é sim!

Cartas & Sombras

Texto e criação do autor J.C.Hesse, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

Um comentário:

Albuq disse...

O silêncio esconde tanta coisa e ao mesmo tempo responde, diz. bjs

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...