quinta-feira, 4 de abril de 2013

Inspiração




Todo processo criativo precisa de inspiração. Aliás, para vivermos uma boa vida precisamos estar sempre inspirados.

A inspiração é algo bem abrangente, pois não só quem trabalha com a arte tem contato com ela. Para tudo na vida precisamos de uma boa ideia e para isto precisamos de inspiração. Um advogado, por exemplo precisa de uma boa inspiração para convencer um juri ou um juiz; um professor também precisa estar inspirado para ensinar a seus alunos.

Mas depois de dar uma pincelada pelo geral vamos focar na inspiração do artista, aquele que cria, aquele cuja a criatividade é indispensável ao seu trabalho e inerente a sua pessoa.

Para mim todo aquele que cria é artista. Do escritor ao arquiteto, do pintor ao professor que realmente inspira com suas aulas criativas, mas não aquele que dá suas aulas mecanicamente.

São nessas criaturas que a inspiração se manifesta de uma forma fantástica. Pois tudo pode inspirar aquele que realmente é artista.

É a vida de uma pessoa contada num ônibus que inspira uma peça de teatro; é um pensamento corriqueiro que inspira um conto ao escritor; é o movimento de uma criança que inspira um dançarino...

A inspiração pode vir de tudo, até mesmo de coisas desagradáveis. Então temos o poder e a satisfação de transformar algo ruim em algo positivo e produtivo. Uma ofensa, por exemplo, pode inspirar um artigo.

Muitas vezes a inspiração relativa a algo que vivenciamos ou presenciamos chega bem depois. E isto é o mais incrível de tudo, pois é como se aquele episódio tivesse ficado guardado num banco de dados em matéria bruta, até que chega o encanto da inspiração, o traz à memória e nos inspira a criar em cima dele.

Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

3 comentários:

Ana Beatriz Ferreira disse...

Olá... É verdade o que você escreveu. E é lindo ver como algumas vezes a inspiração de algumas pessoas pode mudar a vida de quem é tocado pela arte.
Adorei o texto. Parabéns!

http://nofimdeumlivro.blogspot.com.br

Anna Leão disse...

Obrigada, Ana!

Um beijo!

Alexander Santos disse...

Achei super interessante a maneira simples e objetiva com o qual você trata o assunto.Esclarecedor e pessoalista, pois de alguma maneira nos encontramos inseridos em algum dos exemplos citados.Parabéns!

Alexander W. Santos

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...