terça-feira, 19 de julho de 2011

o guarda-roupa da alma




Trancada em mim; olho pela fechadura... Há murmúrios..
Gostaria que fosse diferente.
Perdi a chave que me traria a oportunidade da plenitude.
Quem sou eu? Sou os meus defeitos, que tão facilmente tomam o controle de minha vida, regendo-me, mesmo quando não se há percepção da realidade?
Estou em estado de submersão cega de meu acervo sentimental - desespero dos aflitos! Rendida ao que me faz, tranquilamente perder o controle de minha generosidade.
Observo a fúria de minha vaidade... Vem cantando, desfazendo-se  do bom senso... Não se importa se o tanta faz, tem ligação com o tanto fez, quer apenas que se cumpra seus desejos defeituosos, impulsionando a marcha dos que se criam a partir dos seus efeitos.
O orgulho rosna, tem cheiro de grandeza, jamais me deixaria perceber que ele tem coração...
Causa-me mal estar fitar aquilo que em mim é desagradável...
Como se possível fosse, queria ao menos o pudor para imaginar que sou isenta dos resultados dos meus atos - ação e reação a tudo que posto no mundo das idéias. Sou exatamente o que vivo, sinto e faço, e nada mais...
Imaginava que a miséria humana existisse apenas nas calçadas; nos casebres  de chão a pique; no prato vazio; no choro fino e sombrio de um menino etiópico.
Chorar sem mudar, é como pedir apenas alívio e continuar do meu jeito; é a falta de humanidade para comigo mesma; que não quero me olhar... Não! Dói! Minto para mim - "eu não sou assim..."
E quando estou mal pelas coisas que esperava vir, e não vieram, e sou obrigada a conviver apenas com o que mereço? Eu não tive as ferramentas para construir a felicidade... Construí o que tenho, com aquilo que sou.
Respiro fundo, arremango a camisa, mãos a obra.
Se quero ser feliz, definitivamente devo me lembrar, que ela começa primeiramente dentro de mim...
Basta olhar com coragem para o guarda-roupa da alma...
A honestidade para perceber, e a força para mudar, abrirá a porta - agora vou viver, e não apenas fazer as minhas vontades!





Texto e criação de Adriana Vargas de Aguiar, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

12 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Quem de nós não tem o seu lado obscuro, onde imperam o rancor e a maldade?
O importante é manter sobre controle, a fim de que não tome o lugar do lado luminoso.
Boa reflexão, Adriana.

Beijos,
Jorge

Pelos caminhos da vida. disse...

Ótima reflexão...

Um bom dia pra vc.

beijooo.

Verafonseca disse...

Adorei seu texto Adriana, fazer uma autoanálise de nossa personalidade é um sinal claro de crescimento espiritual, este é o caminho para a melhora e evolução do ser. Precisamos ter coragem pra reconhecer nossos erros e acertos, isto demonstra com clareza que não somos perfeitos, mas, esta visão nos dá a oportunidade de aceitação ou não, de nossas atitudes, isto abre uma porta para o que é real, belo ou não, mas, com certeza humilde.
Parabéns. Tenha uma ótima terça feira.

bjussssssssss
Verafonseca

Marcelo Lima disse...

Minha nossa que tocante. Fiquei impressionado com o seu texto Dri.

Um brasileiro disse...

ola. tudo blz? estive aqui dando uma olhada e lida. legal. abraços.

rodrigobernardo2010 disse...

passei de novo por aqui..já vou virando um assíduo leitor.

Anônimo disse...

Legal a sua reflexão. Dentro de cada guarda-roupa há uma vestimenta adequada para a nossa situação.
Beijos
Rita Lavoyer

blog. da Tereza Maria disse...

Venho desejar uma feliz dia do amigo-20 de julho.
Para comemorar essa data e agradecer seu carinho em meu blog trago=lhe esse texto lindo do peota:
Vinícius de Moraes
Procura-se um Amigo

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimento, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.

Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja de todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoas tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.

Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grande chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.

Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

No guarda roupa
da alma,
existe tanto
para se vestir,
e para se esquecer...

Que os sonhos te envolvam
a vida, sempre...

C@Ká disse...

Olá
Você é uma poetisa mesmo, faz pouco tempo que acompanho seu Blog, e me delicio com suas reflexões, manuscritos, isso é um Dom da Alma.
Cativar as pessoas e a proveniência de identificação que sentimos ao mergulhar nesses escritos e mesuras.
Beijos
Olha queria muito que lesse alguns textos meus, é simples, mais gostaria do seu comentário por lá, de como é a sua percepção sob eles, seria um presente e tanto. veja o link: http://momentscaka.blogspot.com/search/label/Men%C3%A7%C3%B5es%20e%20Pensamentos
Beijos Mil
C@Ká

Angels disse...

Que texto fantástico!
Você é linda!

um anjo

ANDRES WILL disse...

lindissimo amei, confesso que sou novo nesse universo, perdi a vergonha e comecei a escrever bjssss, se puder de uma visitinha no meu blog , assim podemos trocar de ideias, bjs

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...