sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Redescobrindo o mundo



Talvez, ninguém acredite em você, mas você acredita, e é isso o que importa. Você pode mudar tudo, como também pode deixar para que outro mude. Mas talvez não haja outro, talvez haja somente você. E quem não gosta de ser único, mesmo que isso implique uma revolta?
Não existe a certeza, nem de que algum dia a gente vai morrer, porque alguém muito bem pode inventar a imortalidade. Teorias acabam com tudo que achamos que descobrimos, porque nada descobrimos até agora que possa mover esse mundo para melhor, somente para pior. Não na medicina, talvez, mas na grande maioria.
Se pararmos para pensar, tudo é, e não é nosso problema. Criamos o que somos e o que seremos. Somos o que queremos ser, independente de qualquer coisa. Podemos mudar, criar, revolucionar tantas coisas, mas quase nunca conseguimos, pois sempre pensamos que não iremos realmente, conseguir. Podemos chamar isso de insegurança, mas para que denominar algo que não sabemos se tem realmente este significado?
A filosofia pode ser a base de tudo em nossas vidas. Sem ela não seríamos nada, mas é do nada que começa tudo. E nisso, a gente vê a filosofia.
Às vezes, paramos para pensar. Em tudo. E sem querer, filosofamos, e muito, mas a maioria não dá a mínima para isso, ou realmente acha uma verdadeira porcaria, que não serve para nada em sua vida. Para e pensa. Faça isso mil vezes se for preciso, porque isso não é nem um pouco verdade. Filosofia é a única coisa que há neste mundo e que tem um futuro realmente bom, que se forma pessoas. E adentrando vendo tudo isso, o futuro desse mundo está realmente crítico. Talvez ele acabe em 2012 realmente, porém, não queremos saber quando ele acabará, ou não. Se for pra acabar, que acabe. Contando que tenham cumprido os objetivos com a humanidade, mas, olha a teoria de Deus ao criar o homem. Ele nos deu inteligência. Muita, na verdade. O ser humano é um ser incrível. Ele cria e destrói ao mesmo tempo, e sempre se acha o certo, contudo, se Deus nos deu essa tremenda inteligência, ele tinha uma pequena noção do que esse mundo viraria um dia, porque ele nos deu capacidade o suficiente para fazer tudo isso que fizemos até hoje. Então, porque acabar com tudo o que ele criou? Não sentido, mas nem a vida faz sentido, não adianta ficarmos procurando sentidos pra tudo, porque piraremos. E quem disse que a loucura é ruim? Os loucos são os mais inteligentes, e com certeza, os únicos que têm consciência do que realmente acontece. Sendo louco é o único jeito de abafar as barbaridades cometidas por nós mesmos.
A juventude é algo magnífico. Pessoas jovens são magníficas. E quem não quer viver pra sempre? Vai, que descubram algo que torne tudo diferente, como a imortalidade, quem sabe? Ou, então, porque não escrever? O dom das palavras é magnífico, e talvez você o tenha.
E é claro também, que às vezes, sua autoestima subirá tanto que se sentirá uma espécie de Deus, como se pudesse mudar tudo, e às vezes, esta mesma autoestima cairá tanto que chegará a pensar em desistir de tudo. Mas não desista. Você vale à pena, como qualquer um que queira fazer alguma coisa pelo pequeno planeta. Definitivamente vale muito a pena. O mundo está cheio de gente assim, que quer mudar, tornar tudo melhor, mas muitos não têm coragem de fazer nada. Por medo muitos caem. E não tenha medo de levantar, porque esse é o mínimo que se pode fazer.
Talvez, seja essa a geração em que tudo mudará. Ou, talvez, não esteja nem perto disso, mas, caro leitor, estamos perdidos nesse mundo que destruímos. O que fizemos, meu Deus, com tudo que o Senhor criou? E se não foi o Senhor, se isso tudo se criou sozinho? Que vida poderíamos ter sabendo que não existe Deus? Não poderíamos ter vida nenhuma, vivemos praticamente por Ele. E se vivermos por algo, imagina se esse algo simplesmente se extingue? Perderíamos a noção da vida, e assim, coisas simples se transformariam em difíceis num piscar de olhos, e nisso entra a pura filosofia.
Os famosos filósofos tinham uma inteligência tremenda, mas por que eles? Algum motivo deve ter. Motivos têm, e para tudo. Quem sabe a inteligência deles não começa a será  nossa? Para isso só basta ter uma coisa.
Consciência.
A consciência de quem lê alguns textos como esse deveria ser melhor, mas isso se a pessoa tiver vontade de ler tudo, pois hoje em dia a leitura é considerada algo tão chato, pacato, morto, e antigo. A palavra “antigo” não significa nada para quase todos. Entretanto, é dela que tudo começou, e pode muito bem terminar, humano inteligente. Tem muito que aprender ainda, criança, e muito que se descobrir. Portanto, faça a sua parte porque ninguém vai fazê-la por você.  

Samantha Rinaldi


Livro de Samantha:

Até onde se sabe, Genevieve Conrad é a melhor caçadora de coisas sobrenaturais. Sua vida não é nem um pouco normal, porém, o mais normal que se possa ter, apesar de ler auras. Intromete-se com coisas sobrenaturais ao extremo, tem um anjo da guarda que parece gostar dela mais do que deveria, e uma melhor amiga pirada. Mas a vida tem suas vantagens, e Gen começa a notar isso quando seu melhor amigo, há um tempo sumido, Murilo Lince, aparece no seu quarto em plena tarde. O bom sempre leva o ruim junto, e disso ninguém sabe melhor do que a Gen. Uma guerra entre vampiros e mutantes pode destruir muita coisa na preciosa Nova Orleans, e com certeza a caçadorazinha não pode deixar isso acontecer. Se ela sobreviver, é claro...
Para comprar, clique   aqui

                                                        

_________________________________________________________________________________


Sorteio de NOVEMBRO


Quero Agradecer a todos os seguidores do Clube e anunciar os ganhadores do sorteio 
da Promoção SIGA E CONCORRA:

Blog Palavras - Leila  > O grande Pajé de Fernando Soares
Vitrine das Promoções - Irene > Um po Um de Fernando Soares
Blog Doce Encanto - Rapha  > Retornando ao Vale Azul de Maria Alice




SORTEIO DE DEZEMBRO:


Para concorrer a esta promoção, clique AQUI




Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

10 comentários:

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Alma de poesia. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

J.C.Hesse disse...

Adorei! Uma boa dose de confiança e desejo de que não se encontre só. E se assim for, a autora do texto, informa que não importa, temos que continuar, até onde for possível.
Abraço

Ana Caroline Guimarães disse...

Ual que legal esse texto..amei tudo,desde o blog ate esse poste,parabens!
E estou seguindo já,agora se vc quiser dar uma olhadinha no meu que é super novo...fique a vontade:fomesedeevontadedeler.blogspot.com
beijos NaNa

Paul Law disse...

UM texto consciente e muito inspirador! A autora de "Almas Negras" é fantástica.

Eu penso parecido. Acho também que as coisas são mais simples do que aparentam... o nosso ego é que as complica; a vontade de dar objetivos ao que é mágico simplesmente por estar acontecendo.

Abraço ao pessoal do CLube!

Evanir disse...

Um texto realmente só pode entender quem lê
ele inteiro não só começo e fim.
Depois disso entendi muita coisa tem muitos exemplos inclusive para mim seguir.
Tem momentos na vida que precisamos colocar os pés no chão para diferenciar uma coisa da outra.
Um belissimo texto.
Um beijo a todos.
Evanir

Paula Coelho disse...

Nossa.. adorei o blog, super interessante..
espero uma visita sua, aproveita que está tendo um super passeio lá!!
sucesso.. beijos

Rosane Fantin disse...

Estou de queixo caído com as palavras da Samantha...Fé na vida e em ti mesmo. Não consegui deixar de comparar ao texto do Denir que li na postagem anterior.
Parabéns, Samantha pela clareza das tuas ideias e a facilidade de expor em palavra escrita tudo isso. Mais uma vez a juventude me surpreende e me deixa feliz por saber que ainda há muitas cabeças pensantes onde muitos não acreditam que exista um cérebro.
Um grande beijo, querida! Espero que continues a nos brindar com textos brilhantes como esse.
Rosane

JEOVA RAFFAH disse...

Oi, muito bom.

Pollyanna disse...

Oi...
Seguindo))))E participando da Promoção Blogs Literários.
Abraços...

Ordem do Saber disse...

Muito bom seu texto.
O ser humano está se auto destruindo, isso sempre foi assim. Mas enquanto existirem pessoas com uma luz única e forte o suficiente para iluminar essa escuridão, o mundo ainda continuará. A esperança não morrerá.

Deus não destrói. Os humanos destroem.
Ele é Pai, e todo pai ensina, mas não pode viver a vida por seu filho.
Todo pai respeita as escolhas de seus filhos.

Um bom domingo. E não pare de escrever nunca.

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...