domingo, 22 de janeiro de 2012

Prefácio de "Socorro, meu príncipe virou sapo"

Por Angela Fernandes de Lima
Autora do livro: Francilangela Clarindo











Costumo dizer que há dois luxos na vida moderna: tempo e silêncio. Vivemos momentos de muita correria, muitos atropelos e muita pressa, não há tempo para olhar, para falar, para contemplar. Na pressa de existir, não há tempo para conversar.
Ler o pensamento de Francilangela nas palavras de Socorro, meu príncipe virou sapo é um alento à tranquilidade, um não à velocidade sem sentido que nos rouba do convívio com a família, com os amigos, com Deus e até com nós mesmos.
A história se passa com uma garota que viveu sua adolescência entre fins dos anos 80 e início dos 90, anos de mais inocência, embora pensar assim possa parecer apenas saudosismo, me arrisco a dizer que havia sim, mais poesia nos relacionamentos ou, pelo menos, na expectativa deles. Esse é um livro que fala de expectativas amorosas, momento em que a fantasia dá as cartas do jogo, manda na sua rotina, nos seus planos.
A autora escreve como quem conversa olhando no olho, prática, aliás, por ela muito cultivada em longos momentos de interação com tantos quantos possam ter o privilégio de gozar de seu convívio.
Revela Socorro, meu príncipe virou sapo, um tempo de magia, tempo de amor aflorando, assustando, maravilhando e, sobretudo, despertando na menina o seu porvir melhor.
Psiu! Façamos silêncio e nos presenteemos com um pouquinho de tempo, só uns minutinhos, pronto está feita a leitura de Socorro, meu príncipe virou sapo, eu me vejo nele, e você? 

Angela Fernandes de Lima    

Angela é professora de Linguagens e Códigos da Rede Estadual de Ensino, Mestra em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Ceará e amante da vida, da arte, das viagens e das boas amizades.




Texto e criação do autor, ao utilizar este texto, por favor, não se esqueça de mencionar a autoria.

17 comentários:

Marcos Maverick Herculano disse...

Este é um assunto muito interresante e atrativo, adorei o gostinho de quero mais q fiquei aqui..aliás adorei o blog..toh seguindo vc também!!!
Abraços e é um prazer estar aqui!

Tânia Lyrio disse...

Te seguindo e lendo todo seu blog.Beijos

Rubens Conedera disse...

Mais uma grande obra de Franci!! Concordo com o trecho "Anos de maior inocência".

mfc disse...

Tempo e silêncio... duas coordenadas essenciais para uma vivência pensante e atenta!
Obrigado por este alerta lindo.

Gabriela Wegner disse...

Esse livro vai ser o máximo...
Estou super curiosa para lê-lo!
Eu acho que ainda existem pessoas, apesar de serem pouquíssimas, que teem esse "romantismo", essa poesia no relacionamento..
Adorei!
Beijos

Gabriela Wegner disse...

Ah! E essa capa está linda...

@ Moda e Eu. disse...

Oxe. fiquei com vontadinha de ler.
Beijos, Blanc

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Gostei muito do post, este livro parece ser super interessante e super necessário ser lido. A correria de nossos dias está fazdendo a gente viver com pouca qualidade na saúde, na mente, no convívio com o mundo, não aproveitamos mais nossa vida, não curtimos mais os pequenos momentos do dia devido a essa correria. Eu Fernanda, estou procurando desacelerar onde eu puder... :)

RUDYNALVA disse...

Angela!
Concordo, precisamos de mais romantismo, lirismo mesmo nas relações.
Silêncio e tempo são luxos e a cada dia piora, as pessoas tem se tornado egocêntricas e egoístas, pensam apenas em si e emsuas coisas. Vamos aprender a nos disponibilizar um pouco mais...
Livro deve ser ótimo!
Divulguei no blog:
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2012/01/indicacao-de-autores-e-livros-nacionais.html
Semaninha cheia de luz e paz!
cheirinhos
Rudy

O Sibarita disse...

Dona moça! kkkk Bons tempos aqueles do romantismo, né não? Hoje, é o salve-se quem puder, ô Deus! kkkkkk

Os anos 80, 90 ainda tinha uma atmósfera montada no romantismo, oi que bom! kkkkkk

Em sendo assim, o seu livro promete muito e quando o autor se vê dentro do que escreveu ai vira o ouro da babilônia.

Agora me adiante aí, o príncipe que virou sapo, a princesa conseguiu a porção mágica para desencanta-lo? Ou a bruxa má que fez essa maldade, abriu o gás, se picou (baianês: foi embora kkkk) e o principe está encantado até hoje? Aiaiaiaia... kkkkkk

Ah, parabenizo à todos que fizeram nascer e acontecer o clube dos novos autores. Excelente idéia que nos mostra com certeza que os novos autores estão se movimentando para furar o bloqueio dos grandes editores e editoras que visam o lucro imediato.

Uma luz no fim do tunel!

O Sibarita

Ana Leonilia disse...

Eu gostei da proposta do livro. Ele aborda todos os assuntos que me interessam em um livro.
A narrativa deve ser envolvente e suave.
Deu vontade de ler. :)

Bjs ;)

Mia disse...

Mais um livro maravilhoso para enriquecer mais ainda nossa literarura!!!
Parabéns!!!
Sucesso sempre!!!

Francine Cruz disse...

Parabéns Francilângela por mais essa conquista. Um grande abraço e muito sucesso!

Luana Melo disse...

Nossaaaaa...
Adorei!
E a capa está muito fofa*
Espero conseguir lê-lo!!!

Gisele Carmona disse...

Primeiro, quero agradecer a visita ao meu blog!
Eu sou uma pessoa super eletrica, faço mil coisas ao mesmo tempo e muitas vezes me pego pensando se não esqueci de alguma coisa nesse caminho...
Enquanto lia o comentário sobre o livro fui dando uma relaxada, tive um momento para respirar e pensar em como temos bons momentos na adolescência que podiam ser preservados para sempre...
Gostei muito mesmo!
Beijos

http://giselecarmona.blogspot.com/
@giselecarmona

Cesar S. Farias disse...

Um livro que capta um período mágico e sonhador na trajetória de quase todas as mulheres. Minhas boas vindas á obra de Francilângela para 2012.

layany disse...

Olá!Gostaria muito de fazer parceria com clube dos novos autores.
ranyelly_18@hotmail.com
http://palavrasmagica.blogspot.com/
Aguardo contato
bjus Lay

Postar um comentário

Seja bem-vindo!
O sucesso deste blog depende de sua participação.
Comente!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...